Comunicado enviado a concessionários diz que marca só aceitará pedidos feitos até o dia 11 de maio

  • Fábricas paradas forçam GM a suspender vendas do Tracker e Spin para PCD
  • Marca só irá atender pedidos feitos até dia 11 de maio
  • Retorno da versão específica dependerá da reabertura das fábricas no Brasil

Com as fábricas fechadas até junho, impossibilitando a marca de reabastecer seus estoques, a General Motors terá que suspender as vendas do Chevrolet Tracker na versão destinada ao público PCD. A marca já fez um comunicado aos concessionários e uma imagem deste documento foi parar na internet, revelando que a fabricante só irá atender os pedidos feitos pela loja até o dia 11 de maio. O mesmo valerá para a minivan Spin.

“Dado o sucesso do novo Tracker e culminando com as paradas de produção, pelo fato da pandemia do Coronavirus (Covid-19), estamos suspendendo temporariamente a venda e entrada de pedidos do modelo ao público PCD. Esta suspensão também se aplica ao modelo Spin neste mesmo tipo de venda”, diz o comunicado enviado aos concessionários.

Chevrolet Spin PcD

“Os pedidos vendidos, mas que ainda não foram colocados no sistema de Vendas Diretas, deverão ter suas informações inseridas no mesmo, impreterivelmente, até a data de 11/05/2020. Após esta data, não acataremos mais pedidos”, continua a marca no documento. “O atendimento dos pedidos se dará após a volta da produção e seguirá a ordem de entrada destes pedidos para entrega dos veículos.”

Faz sentido que o Tracker e a Spin tenham suas vendas suspensas na versão exclusiva para pessoas com deficiência, por conta do estoque mais limitado em comparação ao modelo normal. A GM anunciou há algumas semanas que continuará com suas fábricas no Brasil fechadas até 12 de junho, podendo até adiar o retorno por mais 30 dias. Então, com o fim do estoque, a marca só poderia atender novos pedidos a partir de meados de junho ou julho.

Suspender as vendas de modelos PCD é algo comum, já que muitas trabalham com uma produção mais limitada. A Volkswagen chegou a paralisar a oferta do T-Cross por algumas semanas, enquanto alguns modelos como Hyundai Creta e Nissan Kicks ficaram sem atender o público com uma versão específica durante meses.

Chevrolet Tracker 2021 - Suspensão da versão PCD

O Chevrolet Tracker chegou às lojas em março já com uma versão específica para PCD, sem um nome determinado. É vendida por R$ 70 mil, o valor exato para que tenha acesso a todas as isenções de IPI, ICMS, IPVA e IOF. Por enquanto, neste primeiro lote, a fabricante está oferecendo o SUV com um pacote especial que adiciona rodas de alumínio de 16”, rack no teto na cor prata, retrovisores elétricos na cor do veículo e cobertura do porta-malas. No entanto, estes itens devem deixar de ser oferecidos quando a variante voltar às concessionárias.

Galeria: Chevrolet Tracker 2021 - Imagens do site