Teve ainda o lançamento do novo Chevrolet Tracker na China, o busca dos 20 km/litro do Renault Kwid e o fim do Ford Focus

Duas novidades movimentaram bastante esta semana. A primeira foi a chegada do esperado Volkswagen Jetta GLI, a versão que adota o motor 2.0 TSI de 230 cv e que os fãs do sedã estavam esperando. Fomos até a Coreia do Sul conhecer a nova geração do Hyundai HB20 e contamos todos os detalhes sobre o hatch (só faltou mostrar o design definitivo).

Foi uma semana corrida com muitos testes. Levamos o Renault Kwid para a estrada para buscar os 20 km/litro, será que ele chegou lá? Direto de Salvador, andamos no Ford Ka FreeStyle 1.0, a nova opção de motorização para o hatch aventureiro. Para quem gosta de SUVs e não vê problema em trocar marcha, mostramos os prós e contras do Volkswagen T-Cross 200 TSI, a versão básica do crossover por R$ 85 mil. E também falamos como é dirigir o novo Hyundai HB20 com o motor 1.0 turbo de 120 cv.

Teve notícias mais normais também. Na China, a General Motors começou a vender o novo Chevrolet Tracker com motores turbo 1.0 e 1.3, antecipando um pouco como será o SUV compacto que será produzido no Brasil. Além de falar sobre HB20 na Coreia, ainda descobrimos que a Hyundai estuda trazer para cá o Venue, crossover menor que o Creta. Por fim, vimos o fim definitivo do Focus no nosso mercado, com o fim dos estoques do hatch médio.

Volkswagen Jetta GLI 2.0 turbo chega ao Brasil por R$ 144.990

Volkswagen Jetta GLI 2.0 TSI (Brasil)

O Volkswagen Jetta ficou famoso no Brasil quando adotou o motor 2.0 TSI, na época com 200 cv. Quando veio a nova geração, os fãs ficaram na expectativa por esta variante, mas ela acabou demorando. Finalmente está entre nós, por R$ 144.990, adotando uma versão atualizada do motor 2.0 turbo, agora com 230 cv. E ainda recebeu o visual esportivo usado nos EUA, inclusive com o nome Jetta GLI.

Novo Hyundai HB20 troca motor 1.6 pelo 1.0 TGDI e evolui em espaço e segurança

Hyundai Saga Concept

O novo Hyundai HB20 2020 está chegando. Diferente do que havia sido cogitado, a nova gama é tratada pela montadora como uma nova geração e trará, além do visual remodelado, modificação completa no interior, entre-eixos maior, itens de segurança inéditos no segmento e, conforme Motor1.com havia adiantado, o esperado motor 1.0 turbo com injeção direta. Fomos até o QG da marca na Coreia do Sul para conhecer, em primeira mão, todos os detalhes do hatch, sedã e da versão aventureira.

Teste: Renault Kwid Outsider em busca dos 20 km/litro

Kwid Outsider

O Renault Kwid já passou por muitas provas aqui no site: teve teste da versão intermediária Zen, avaliação off-road do Intensecomparativo contra o Fiat Mobi e até prêmio como melhor indicação de compra no Seleção Motor1.com de 2018, na faixa até R$ 45 mil. Faltava, porém, nosso teste de consumo intitulado "Em busca dos 20 km/litro", no qual colocamos na estrada os carros mais econômicos do país. Aproveitamos então o lançamento da versão Outsider na linha 2020 do hatch para fazê-lo

Primeiras Impressões Ford Ka Freestyle 1.0: Diálogo com o popular

Ford Ka FreeStyle 1.0

Antes mesmo de apresentar o Ka reestilizado, em 2018, a Ford mostrou a versão Freestyle. Aposta aventureira da marca, ela foi melhor aceita pelo público do que era imaginado pela marca. Segundo a Ford, o Ka Freestyle domina cerca de 10% da linha Ka mesmo custando entre R$ 64 mil e R$ 68 mil. E essa fatia deve aumentar com esta novidade, o Ka Freestyle 1.0, que puxa o preço para baixo. 

Primeiras Impressões: Hyundai HB20 2020 deve impactar novamente o mercado

Hyundai HB20 2020 - Teste na Coreia do Sul

Sim, está camuflado e ainda passará por ajustes. Mas já andamos no novo Hyundai HB20, na versão com o inédito motor 1.0 turbo de três cilindros, que gera 120 cv e tem injeção direta. Virá para aposentar o 1.6 aspirado e fazer frente aos seus rivais que também usam um 1.0 turbo. Tem força para reconquistar o público brasileiro? Confira nossas impressões.

Prós e contras: Volkswagen T-Cross 200 TSI manual

T-Cross MT abre

Desde que o novo Polo foi lançado no Brasil, em 2017, uma parcela do público ficou "chateada" pela ausência de uma versão manual com o motor 1.0 TSI. Pois ela acaba de estrear no... T-Cross! Isso mesmo, para baixar o preço de entrada do SUV, a VW abriu mão do câmbio automático na versão de acesso do modelo - ainda que as vendas do segmento sejam majoritariamente de modelos automáticos. O conjunto mecânico tornou o modelo divertido e mais acessível, mas está longe de ser barato. Pelo contrário, é mais caro que seus principais oponentes automáticos (e que o próprio Polo TSI automático). Então, o que justifica o preço de R$ 84.990? Veja nesse Prós e Contras.

Novo Chevrolet Tracker é lançado na China com inédita opção de câmbio CVT

Chevrolet Tracker 2020

Mais um dos novos carros da General Motors prometidos para o Brasil faz sua estreia primeiro na China. Após o Onix Sedan, agora é a vez da nova geração do Chevrolet Tracker, que começa a ser vendida no país asiático com preços entre 99.900 yuan e 139.900 yuan (aproximadamente R$ 55,8 mil e R$ 78,2 mil), em seis versões e com duas motorizações. No Brasil, o lançamento é esperado somente para 2020, com chances de chegar no 1º semestre e produzido em São Caetano do Sul (SP).

É o fim: Ford Focus some das lojas e deixa de ser ofertado no site

Ford Focus Hatch - Brasil

O fim do Focus no Brasil não é uma noticia nova, mas agora é pra valer. Anunciado desde outubro de 2018, o encerramento da produção do modelo na Argentina agora se refletiu no mercado nacional. O hatch saiu do site oficial da marca, ficando apenas o Fastback, e também sumiu das lojas.

Hyundai Venue: mini-Creta tem chance de Brasil se mercado melhorar

Hyundai Venue 2020

Hyundai sabe que o Venue cairia como uma luva no mercado brasileiro, mas atualmente a capacidade da fábrica está tomada pela linha HB20 e Creta. O SUV compacto é um modelo global que ficará posicionado abaixo do Creta na Índia (e no caso dos EUA, abaixo do Kona). Motor1.com conversou com Kyoo Bok Lee, Vice-presidente & Head das Operações da Hyundai na America & Europa, sobre a possibilidade da novidade ser oferecida no Brasil e o executivo confirmou o interesse em vendê-lo no país, mas que depende da melhora do mercado e da indústria.

Fotos: divulgação, reprodução e arquivo Motor1.com