Marca também oficializou o lançamento dos Renegade Willys e Compass S

Em algumas cidades como São Paulo, o dia 4 de abril é oficialmente o dia do 4x4. A Jeep, uma das marcas referência no segmento, sempre aproveita a data para mostrar novidades envolvendo seu modelos. Neste ano, foram oficializados os lançamentos do Jeep Renegade Willys, Compass S e a nova geração do Wrangler - todos já mostrados no Salão do Automóvel em 2018. 

A Jeep também aproveitou a data para comemorar a participação de 24,9% no segmento de SUVs (capitaneada por Compass e Renegade) no país e destacar o lançamento das duas séries especiais dos mais vendidos.

O Renegade Willys, como diz o nome, é inspirado no clássico Willys e baseado na versão Trailhawk (2.0 turbodiesel com 170 cv e 35,7 kgfm de torque, câmbio automático de nove marchas e tração integral automática). Além das estrelas na carroceria, as 250 unidades vem com uma jaqueta exclusiva, um cantil de água e uma maleta inspirada nos galões de combustível clássicos. O preço é de R$ 146.990. 

Jeep Renegade Willys
Jeep Compass S

O Compass S é uma série especial de R$ 187.990 baseada na versão Limited turbodiesel. Destaque para os itens de condução semi-autonôma e detalhes visuais como rodas em cinza e rack de teto no mesmo tom. Sua proposta é mais urbana que do Renegade Willys, mas também tem o mesmo conjunto mecânico com tração 4x4. 

O maior destaque ficou para a nova geração do Wrangler. Já a venda no Brasil em duas carrocerias (duas e quatro portas) e duas versões (Sahara e Sahara Overland) com preços entre R$ 259.990 a R$ 274.990, sempre com motor 2.0 turbo de 272 cv e 40,8 kgfm de torque. 

Wrangler Rubicon

Galeria: Jeep Wrangler Rubicon

A Jeep aproveitou o evento também para anunciar a venda do Wrangler Rubicon, versão topo de linha e preparada ainda mais para o fora-de-estrada, no segundo semestre deste ano. Não foram falados os preços, mas custa US$ 46 mil nos Estados Unidos e não surpreenderá se chegar aos R$ 300 mil quando desembarcar oficialmente por aqui. 

Já andamos na nova geração numa bela trilha off-road no Arizona (veja o vídeo abaixo). Aqui no Brasil, tivemos a oportunidade de uma rápida volta com ele em uma curta pista fora-de-estrada e chama a atenção a ampla capacidade do Jeep, principalmente pelo torque em baixas rotações do 2.0 turbo. O acabamento é outra clara evolução do modelos que, mesmo mantendo a inspiração em Wrangler clássicos de diversas gerações, é o mais moderno de todos. Traz itens como a central multimídia UConnect de 8,4" com informações off-road e painel de instrumentos com tela de TFT. Toda a iluminação é feita por LEDs, inclusive farol, lanternas e luzes diurnas. 

'