Primeiras impressões Nissan Kicks S manual - Como anda a versão mais barata

Nissan Kicks S CVT

 

Em julho de 2016, a Nissan lançou o Kicks pelo andar de cima. Oferecido inicialmente apenas na versão topo SL e a série especial "Rio 2016", o SUV não tinha gama tão ampla quanto seus concorrentes, principalmente em versões mais acessíveis. Mesmo assim, conseguiu brigar pela terceira posição do segmento em vendas. Mais tarde veio a SV Limited, menos equipada, mas a diferença de preço para a SL ainda era pequena.

Leia também:

Isso muda com a nacionalização do Kicks. Agora produzido em Resende (RJ), junto com March e Versa, adiciona novas versões com preços atraentes. Andamos na de entrada, a S, com o câmbio CVT e na inédita configuração com câmbio manual durante o evento de lançamento da linha 2018 do SUV. Ele agora está de olho na liderança da categoria com a linha completa e a abertura de vendas para o público PCD numa versão específica.

O que é?

A grande novidade da linha é a chegada do Kicks com câmbio manual. O motor é o conhecido 1.6 de 114 cv, agora aliado a uma caixa de 5 marchas para quem prefere este tipo de transmissão - ou quer gastar menos. Visualmente, as principais diferenças são a ausência dos faróis de neblina e as rodas de ferro com calotas de 16". Na versão CVT, as rodas também são de 16", mas de alumínio emprestadas da versão Unique do Versa.

Nissan Kicks S CVT
Nissan Kicks S CVT
Nissan Kicks S CVT

Como já havíamos a...