Por aqui, a picape foi adiada por conta da cotação do dólar e não tem data de estreia

A imprensa argentina divulgou nesta sexta-feira (16) a data oficial de lançamento da nova Jeep Gladiator, marcado para o próximo dia 21 de abril. Nesta mesma semana, o site Autoblog Argentina já havia revelado a ficha técnica do próximo lançamento da Jeep.

Nesta nova versão da picape de porte médio baseada no Wrangler, a empresa Stellantis decidiu homenagear o nome Gladiador, que possui uma história na indústria automotiva argentina: o primeiro Jeep com esta nomenclatura foi produzido pelas Industrias Kaiser Argentina (IKA), na Fábrica Santa Isabel, entre os anos de 1963 e 1967. Atualmente, por ironia do destino, o local pertence à montadora rival, a Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi.

Jeep Gladiator 2021

A Jeep Gladiator irá compartilhar da mesma configuração do Wrangler JL no mercado argentino: com motor 3.6 a gasolina Pentastar V6 que produz 285 cv e 35,9 kgfm de torque, combinado a uma caixa de câmbio automática de oito velocidades e tração 4×4 desconectável com marcha reduzida.

Com esta abordagem, a Gladiator se posicionará como a picape de médio porte mais potente do mercado argentino, superando a VW Amarok V6 de 258 cv e também como a mais preparada em seu segmento para o manuseio off-road.

Ao mesmo tempo, é esperado que seja a mais cara também, pois pagará 35% de direitos alfandegários ao importar dos Estados Unidos. No entanto, pode ser mais acessível aos clientes argentinos do que o Wrangler JL, pois estará isenta de impostos especiais de consumo, vindo como um veículo de carga comercial.

Jeep Wrangler Rubicon (BR)
Jeep Wrangler Rubicon (BR)

A picape será disponibilizada nas versões Overland e Rubicon aos argentinos. A principal diferença é a capacidade de carga da caçamba, que pode variar de 550 a 615 litros. A versão Rubicon inclui capota rígida removível e lona, ​​o que a torna a única picape conversível da Argentina.

Por aqui, a Jeep Gladiator segue longe do Brasil. Motor1.com apurou em primeira mão que a fabricante queria trazer a picape ao país em 2020. Porém, a disparada da cotação do dólar e a alta demanda pela picape nos EUA e no mercado global fez que fosse adiada. Em outubro passado, executivos disseram que a Gladiator ainda virá, mas não tem uma data definida.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com