Novidade já está presente em modelos como Série 7 e X7 e será adotada também pelo M3

Adotada como recurso estético de destaque na dianteira de modelos como Série 7 e X7, a grade frontal de dimensões avantajadas parece que chegou para ficar no departamento de design da BMW. Em entrevista recente concedida à revista britânica Autocar, o vice-presidente sênior de gerenciamento de produtos da marca, Peter Henrich, garantiu que a recepção dos clientes à nova identidade visual foi "muito positiva" e deu a entender que nada mudará em relação aos próximos lançamentos. É o caso dos novos M3 e M4, que já foram flagrados rodando em testes finais e, sob os disfarces, aparentam contar com o recurso.

Galeria: BMW Concept 4 2019

Estranhamente, a informação vai de encontro à maioria dos comentários gerais relacionados a modelos conceituais equipados com grades gigantescas, como o Concept 4, mas certamente a BMW deve ter realizado pesquisas oficiais internas. De todo modo, nem todos os veículos da marca são criados igualmente e a referida grade parece funcionar melhor em algumas aplicações. O SUV grandalhão X7, por exemplo, certamente parece harmonizar melhor a peça na dianteira do que o Série 4 vem mostrando em projeções. "Alguns carros são mais extrovertidos, mais ousados ​​que outros, pois têm mensagens diferentes para transmitir", justificou Henrich.

A declaração parece deixar a porta aberta no que diz respeito à linguagem de design da empresa, especificamente quanto às dimensões da grade. E você, o que acha desta nova estratégia de grades gigantescas da BMW? 

Fonte: Autocar