Minivan seguirá com motor 1.8 de 111 cv

A Chevrolet Spin finalmente receberá um novo visual. Cada vez mais comum nas ruas, as unidades de teste da minivan continuam a circular, como mostra o flagra feito por Alex Ruffo, do programa Máquinas na Pan. A reestilização deixará a parte da frente da minivan mais parecida com o sedã Cobalt, enquanto a traseira terá lanternas que invadem a nova tampa do porta-malas. Deve manter a mecânica atual, com o motor 1.8 de 111 cv, recebendo mais equipamentos. O lançamento é esperado para o começo do 2º semestre.

Leia também:

Os protótipos ainda rodam pelo estado de São Paulo bem camuflados. As unidades da Chevrolet Spin deste post foram vistas na região de São José dos Campos (SP), em um comboio com três carros. Ainda que esteja escondida, podemos notar que a grade seguirá o estilo do Cobalt. A parte superior ficará mais fina e longa, quase encostando nos faróis, que também serão mais finos. Já a parte de baixo da grade será menor, permitindo que a placa seja posicionada mais acima.

Chevrolet Spin reestilizada - Flagra
Chevrolet Spin reestilizada - Flagra

A traseira não ficou de fora da renovação. Tem uma nova tampa do porta-malas, com a placa posicionada no meio, enquanto o modelo atual carrega a identificação no para-choque. As novas lanternas duplas serão esticadas, invadindo uma pequena parte da tampa do porta-malas. Infelizmente, não podemos ver o interior, que não deve passar por alterações, apenas recebendo novos equipamentos.

A motorização seguirá a mesma, composta pelo motor 1.8 Eco Flex de 111 cv e 17,7 kgfm. Pode trabalhar com um câmbio manual de 6 marchas ou automático também com 6 marchas. Será o primeiro motor com um novo ajuste feito pela GM para que possa aceitar a gasolina e o etanol brasileiros, e também a gasolina argentina, o que reduziria os custos de produção.

Chevrolet Spin reestilizada - Flagra

Nova geração no forno

Existem bons motivos para a General Motors não investir tanto na renovação da Chevrolet Spin. A nova geração da minivan já está em desenvolvimento, com uma nova plataforma feita em parceria com a chinesa SAIC. Essa base também dará origem aos novos Onix, Prisma e Cobalt – este último foi flagrado em testes, como publicamos com exclusividade. A nova Spin deve ser um dos últimos desta nova linha, se não o último. O Cobalt será o primeiro, chegando em algum momento de 2019, seguido por Onix e Prisma. Logo depois deve ser a vez de um novo SUV compacto produzido por aqui, substituindo o Tracker.

Fotos: Alex Ruffo/Máquinas na Pan

Gallery: Chevrolet Spin reestilizada - Flagra