Novidade será lançada em 2021, começando pela Índia e demais mercados emergentes

Além da minivan Triber e do SUV que provavelmente se chamará Kiger, a plataforma do Renault Kwid dará origem a mais um modelo de perfil voltado para países emergentes. Conforme já adiantamos em outras ocasiões, trata-se de um inédito sedã de entrada cujo projeto atende internamente pelo codinome LBA.

O modelo está sendo desenvolvido na Índia e terá a missão de representar a marca em um dos mais concorridos segmentos da Ásia. Entre outros rivais, enfrentará Maruti Suzuki Dzire (líder de vendas no mercado indiano), Honda Amaze, Ford Aspire (versão encurtada do Ka Sedan), Hyundai Xcent e Tata Tigor.

Galeria: Renault Kwid 2020 - Índia

Apesar dos detalhes ainda desconhecidos, tudo indica que terá menos de 4 metros de comprimento e se valerá dessa característica para ter preços competitivos (veículos enquadrados nesta medida pagam menos impostos na Índia). O visual deverá seguir a mais recente filosofia estética da Renault, conforme adianta projeção elaborada pelo designer Shoeb Kalania (foto de abertura). 

Sob o capô, o conjunto mecânico também será emprestado dos irmãos: motor 1.0 de três cilindros a gasolina e câmbio manual de 5 marchas. Posteriormente, assim como já faz na Triber, a Renault ofertará um novo propulsor 1.0 turbo e acrescentará a opção de transmissão automatizada AMT. E no Brasil, haveria espaço para um sedã do Kwid abaixo do Logan?

Ouça nosso podcast:

 

Fotos: divulgação