Apenas no modo elétrico, percorre até 56 km

A Volkswagen já confirmou que lançará seis modelos híbridos e elétricos até 2023. Depois do Golf GTE, a próxima aposta provavelmente será o Passat GTE que, além de já ter sido mostrado durante o Salão do Automóvel, foi visto nas proximidades da fábrica de São Bernardo do Campo (SP). E a reestilização agora é apresentada na Alemanha com novas baterias.

A reeovação do Volkswagen Passat foi apresentada em fevereiro, mas só agora a GTE ganha o novo visual e as evoluções em condução semi-autônoma. O híbrido traz também um conjunto de baterias 31% maior, com 13 kWh, que deu ao sedã uma autonomia puramente elétrica de até 56 km, e de 54 km para a Variant que - infelizmente - não teremos por aqui.

Galeria: VW Passat Variant GTE

O conjunto mecânico é o mesmo que conhecemos recentemente no Golf GTE, com o motor 1.4 TSI, mas com 156 cv, ligado ao câmbio DSG de seis marchas que traz junto o motor elétrico de 115 cv. Juntos, produzem 217 cv. Os modos de condução variam desde um apenas elétrico ao GTE, onde a força e potência são priorizadas.