Novidade estreia em Nova York com variante preparada do motor 2.3 EcoBoost

Especulada desde o início da semana passada, a mais nova versão de performance do Ford Mustang é oficialmente revelada sob o batismo High Performance Package. Atração de destaque da marca no Salão de Nova York, a novidade não chega a carregar as siglas SVO ou ST, como imaginado, mas incorpora exclusividades no visual e alterações importantes no conjunto mecânico. A chegada às lojas da América do Norte acontecerá no último trimestre deste ano, com posicionamento intermediário entre a versão Premium EcoBoost (cerca de US$ 31.410) e a potente GT equipada com motor 5.0 V8 (aproximadamente US$ 35.355).

No visual, a Ford destaca o conjunto exclusivo de rodas de 19 polegadas, capa dos retrovisores com revestimento na cor cinza, emblemas para identificação da versão, faixas no capô, grade preta com logotipo descentralizado, spoiler e quadro saídas de escapamento. A versão ganha ainda o chamado FordPass Connect como equipamento padrão (novidade adotada também por todas as demais versões) e a paleta de cores passa a incluir quatro novas opções: Grabber Lime, Red hot Metallic Tinted Clearcoat, Twister Orange e Iconic Silver.

Sob o capô, o motor 2.3 EcoBoost recebeu um novo turbo, alterações na calibração e um novo radiador. Como resultado, a potência total saltou para 334 cv (contra 314 cv das versões de acesso), mas o torque máximo, curiosamente, foi mantido em 48,4 kgfm. A marca garante que as acelerações se tornaram mais rápidas (embora não tenha divulgado nenhum dado) e que o ronco foi aprimorado para fazer jus à proposta. Além disso, o controle de estabilidade foi reajustado e o sistema de freios, considerado bastante eficiente, veio da versão GT.

Preços e demais informações serão reveladas quando a nova versão chegar ao mercado.

Fotos: Divulgação