Honda WR-V EX 2019: Prós e contras

A Honda lançou o WR-V em 2017 como uma opção mais acessível ao HR-V. Baseado no Fit, o crossover se diferencia principalmente pela suspensão elevada e pelo visual mais robusto, principalmente dianteira. De lá pra cá, o modelo teve algumas mudanças no pacote de equipamentos (e ficou mais caro), mas ainda custa R$ 10.400 a menos que a versão de entrada LX do HR-V. 

No WR-V, a versão de acesso é a EX, como a que mostramos aqui. Ela tem bancos de tecido e perde os airbags de cortina (possui frontais e laterais), o navegador com GPS nativo os retrovisores externos com rebatimento elétrico em relação à EXL. Tabelada a 82.100, é R$ 4.100 mais barato que a versão top. Terá ela a melhor relação custo/benefício da linha?

Prós

Honda WR-V: Prós e Contras

O WR-V herda do Fit o que a Honda chama de Magic Seat. Com o tanque de combustível instalado sob os bancos dianteiros, o carro ganha diversas possibilidades de modularidade, podendo acomodar cargas mais altas ou longas, como uma bicicleta, por exemplo. Também traz do Fit o bom aproveitamento do espaço interno, com boa acomodação para quatro adultos e um porta-malas de 363 litros, bem mais que os 320 litros do Jeep Renegade e superior aos 356 litros do EcoSport. Outro ponto positivo é que as portas traseiras têm amplo ângulo de abertura, para ajudar na entrada e saída da cabine. 

Honda WR-V: Prós e Contras

A Honda não simplesmente subiu a suspensão do Fit para o WR-V. Ao contrário do "durinho" Fit, o crossover amortece com muita competência as irregularidades do piso, mesmo os mais a...