Modelo será lançado em 2021 e terá autonomia de até 600 km

A Ford mal revelou o novo Escape, o SUV do Focus, e já estamos de olho no próximo lançamento, confirmado pela marca durante o evento em Amsterdam. A fabricante do oval azul começou a falar sobre um crossover elétrico baseado no Mustang há quase um ano, mas nunca deu muitos detalhes. Isso até revelar um pouco mais sobre ele no lançamento do Escape, o que nos atiçou o suficiente para fazer a projeção acima.

O que a Ford revelou em Amsterdam? Para começar, a palavra-chave é "Mustang-based", ou seja, baseado no esportivo. Será construído sobre uma plataforma dedicada com dimensões similares, mas não idênticas, ao Mustang atual. E não será chamado Mustang ou, pelo menos, achamos que a Ford não fará isso. Nossas fontes dizem que ainda não há um nome oficial para o SUV e que a fabricante desistiu de reviver o batismo Mach 1 para este carro. Com o Falcon oficialmente apostando na Europa, poderia ser o momento ideal para reviver o batismo. Ou, já que é um veículo EV, talvez retomar o uso de Lightning (Relâmpago, usado em uma picape na década de 1990).

Não apenas será apenas um crossover totalmente elétrico, como também será o primeiro carro deste tipo a ser produzido em massa pela fabricante. Ainda não temos dados oficiais de performance, mas nos disseram que haverá duas versões de autonomia diferente, sendo que a mais cara chegará aos 600 km. Da mesma forma que a Tesla, a Ford terá um cockpit digital com uma grande tela sensível ao toque no centro e atualizações do sistema pela internet.

A Ford tem outros projetos para carros eletrificados ainda não anunciados, mas não temos detalhes, pois eles envolvem uma possível colaboração com a Volkswagen. O modelo baseado no Mustang é independente deste acordo, já que está em desenvolvimento há um tempo e deve ser lançado em 2021. A fabricante promete falar mais sobre ele em novembro.