Primeiras impressões Honda HR-V 2019: Onde a vista não alcança

Logo depois do rival Jeep Renegade, o Honda HR-V chega à linha 2019. Mas, diferentemente do SUV da FCA, o japonês de Sumaré (SP) foi além da estética. A engenharia ouviu os pedidos e críticas de seus consumidores e fez mudanças técnicas no HR-V, em sua maioria, em prol do conforto. Mesmo sem receber o 1.5 turbo do Civic, o carro melhorou consideravelmente. 

Honda HR-V 2019 (Brasil)

O que é?

Atual carro-chefe da Honda no Brasil, o HR-V quer manter a ponta entre os SUVs compactos - a briga com Nissan Kicks e Hyundai Creta esquenta mês a mês. Para isso o japonês mudou levemente o visual, com luzes diurnas em LED (de série em todas as versões) e projetor para o farol baixo. O para-choque é novo (34 mm mais comprido), com os faróis de neblina assumindo formato redondo e mais amplo. O destaque fica para a grade cromada com o logotipo da Honda maior, seguindo a identidade visual aplicada nos demais modelos da marca. Há também novas rodas aro 17" (com desenho que divide opiniões) e lanternas em LED, que já existiam na versão Touring. mas em tom fumê. 

Honda HR-V 2019 (Brasil)
Honda HR-V 2019 (Brasil)

Por dentro, os bancos dianteiros ganharam novas espumas, com maior apoio para as pernas no assento e abas laterais mais pronunciadas no encosto, além de novos tecidos. O console central recebeu acabamento em black piano e um porta objetos mais amplo. A versão EXL tem iluminação nos três aros do painel e mantém a opção...