Executivo dá dicas de que Mustang terá versão SUV e elétrica

Há alguns dias estivemos em um evento especial no quartel-general da Ford onde, entre várias novidades, a marca adiantou detalhes ligados ao Mustang. Vimos a primeira imagem do GT500 e a volta do Ford Bronco. Tem mais uma novidade que grudou em nossas mentes tanto quanto refrão de música ruim. Durante a apresentação, Jim Farley, presidente de mercados globais da marca, nos disse para imaginar um SUV do Mustang com quatro portas. E foi o que fizemos.

Leia também:

Chamamos nossos designers para criar uma projeção que nos ajudasse a ver esse carro pois, francamente, tentar pensar em uma versão SUV do esportivo mais icônico da Ford estava fritando nossos miolos. O resultado é o que você vê aqui e, bem, é um Mustang SUV - com quatro portas e altura o suficiente para passar pelas lombadas. Sim, parece totalmente fora da realidade, mas é o que Farley nos disse para imaginar.

Ford Mustang SUV Render

Você irá notar que a grade do carro na projeção é sólida, sem entradas de ar. Isso é porque Farley também disse que seria um modelo elétrico. Em janeiro, a Ford anunciou que iria voltar a usar o famoso nome Mach 1, sempre associado ao Mustang. A última vez que vimos esse nome foi em 2004, em uma versão do Mustang com 305 cv e um capô especial que prestava homenagem ao Mach 1 original da década de 1960. Porém, ao invés do novo modelo ser uma versão mais potente para o Mustang, agora será um carro elétrico. A Ford ainda deu a entender de que seria um SUV. Pelo visto, desta vez não terá um capô com uma grande entrada de ar.

Ao começar a ligar os pontos, é fácil perceber para onde o a Ford está indo e, para ser honesto, parece ser um movimento bem arriscado da marca. A eletrificação do Mustang, com o uso de sistemas híbridos e/ou elétricos, é inevitável, o que não é algo ruim. Só que falar sobre algo tão icônico como o Mustang tornar-se um SUV elétrico de quatro portas vai levantar muitas críticas, por jogar fora o pedigree de sua própria marca. Esta tem sido nossa experiência ao conversar com fãs do esportivo, que parecem odiar a ideia.

Por outro lado, não podemos argumentar contra a crescente popularidade dos SUVs. E a Ford já ousou mexer com o Mustang no passado. O Mustang II de 1970 ainda é lembrado por ter transformado uma máquina potente em um compacto fraco e miserável, só que vendeu muito e, de certa forma, foi o carro certo para o momento cero. O mesmo argumento pode ser usado hoje para transformar o Mustang em um SUV.

Se servir de consolo para os puristas, a Ford ainda irá lançar o monstruoso GT500 para manter os entusiastas animados.

Projeção: Motor1.com

Galeria: Ford Mustang Shelby GT500 - Teaser