Versão topo de linha concentra as principais novidades, mas pede um motor mais potente

O Kicks é tão importante para a Nissan brasileira que seu lançamento envolveu uma operação no mínimo curiosa: apesar de fabricado inicialmente no México, o SUV teve seus primeiros lotes todos destinados ao Brasil, onde chegou às lojas logo depois das Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016. 

Um ano depois, em 2017, o modelo passou a ser fabricado em Resende (RJ) e ampliou sua gama com versões mais acessíveis, logo se tornando o carro-chefe da marca por aqui. A primazia da reestilização, porém, coube aos mercados asiáticos, que estrearam no ano passado o modelo atualizado que chega ao mercado nacional em meados de março. Mas o nosso Kicks 2022 na verdade ficou igual ao norte-americano - até mesmo na falta de um motor turbo. 

Como antecipado pelo Versa, o novo Kicks 2022 abandona a antiga denominação de versões por sigla (S, SV e SL) pelas nomenclaturas Sense, Advance e Exclusive. A melhor notícia é que a Nissan manteve os preços do modelo anterior, o que significa este Exclusive CVT das fotos custa os mesmos R$ 116.390 do SL que saiu de linha. A diferença fica por conta do opcional Pack Tech, que agora recebeu novos mais itens e acresce R$ 3.500 na conta - total de R$ 119.890. Gostou dessa cor? É a nova Azul Eletric, perolizada (R$ 1.550), que pode vir conjugada ao teto preto.

Nissan Kicks Exclusive 2022 (Teste BR)

A mudança mais óbvia está na cara (literalmente) do Kicks 2022, cujo tema principal é a grade que a Nissan chama de "Double V-Motion". Não tirei as medidas exatas para saber se ela tem o dobro do tamanho da anterior, mas o fato é que ficou mais larga e deu um ar mais robusto ao modelo, principalmente porque ela tem uma espécie de suporte em preto brilhante e uma borda cromada que deixam a dianteira mais volumosa. O conjunto óptico é todo novo, com iluminação full-LED (incluindo setas e luzes de neblina), enquanto o farol agora tem a lente lisa, sem aquele estranho ressalto que havia no modelo anterior. 

Seguindo o passeio (em volta do carro), o Kicks Exclusive mostra rodas com novo desenho (embora tenha mantido o aro 17") e maçanetas cromadas. Já a traseira tem um novo para-choque com apenas um lábio protetor em preto, enquanto o restante da peça passa a ser da mesma cor da carroceria. Mudança mais evidente é que as lanternas agora são unidas por uma barra reflexiva (não acende) com o logo da Nissan ao centro, criando um efeito que "alarga" a traseira. As lanternas agora são em LED, com uma nova assinatura noturna, desde a versão básica. Para completar, a antena do teto passou a ser do tipo barbatana de tubarão. 

Nissan Kicks Exclusive 2022

Certamente ajudado pela cor chamativa, o Kicks reestilizado agradou nas ruas - em especial aos donos do modelo atual, que foram os mais curiosos. De fato, ao vivo a impressão é que o modelo nasceu assim, sem que nada pareça adaptado ou fora de contexto. Se as formas gerais ainda são atraentes, as novas frente e traseira trouxeram o ar de novidade de volta. E não foi só estilo, já que os faróis e neblina em LED iluminam com mais eficiência que antes. 

Mais maduro

Por dentro, os confortáveis bancos "zero gravity" (que seguem como um dos pontos positivos do Kicks) agora podem vir com revestimento que imita couro em novas cores: preto com cinza ou  "machhiato", um tom café escuro que lembra o BMW 320i M Sport, além do todo preto que já existia antes. 

Nissan Kicks Exclusive 2022
Nissan Kicks Exclusive 2022
Nissan Kicks Exclusive 2022

O cluster parcialmente digital mantém a tela TFT de 7" (agora também na versão intermediária Advance) e, quando o carro for equipado com o Pack Tech, ela incorpora um desenho do carro com os mostradores de saída de faixa (com alerta visual e uma leve tremida no volante) e do monitor de ponto cego (este com uma luz que acende no acabamento interno da porta, na altura do retrovisor externo). Outra novidade fica por conta do retrovisor fotocrômico.  

O Kicks já contava com o alerta de colisão frontal e frenagem automática, mas o sistema agora conta com uma câmera além do radar dianteiro e adiciona outras funções, como a leitura de faixa e o alerta de tráfego traseiro, além do assistente de farol alto (que baixa o facho automaticamente ao detectar um veículo na direção contrária). Para manobrar, o sistema de câmeras 360 graus foi mantido e, apesar da Nissan não falar nada sobre isso, as câmeras me pareceram ter melhor resolução que antes - o que também pode ser efeito da tela da nova multimídia. 

Sim, as versões Advance e Exclusive passam a contar com a nova central Nissan Connect de 8" (contra 7" do sistema anterior que permanece nos modelos Sense). Além da tela maior, o sistema permite personalizar a tela inicial com atalhos e oferece uma interface mais intuitiva, sem abrir mão dos botões físicos que facilitam o uso. Conexões Apple CarPlay e Android Auto são de série, mas apenas via cabo. Inclusive, há duas portas USB no console à frente do câmbio, sendo uma normal e uma USB-C. Carregador de smartphone por indução é oferecido somente como acessório, como no Versa. 

Nissan Kicks Exclusive 2022
Nissan Kicks Exclusive 2022

Outra novidade relacionada à multimídia é que esta versão Exclusive traz um sistema de som da Bose com 8 alto-falantes (contra 4 das demais versões), sendo 2 deles nas laterais do encosto de cabeça do banco do motorista. São duas caixa de 2,5" que, por meio dos ajustes na tela central de 8", entrega o que a Nissan chama de som imersivo (surround 360 graus). Na prática, em volumes mais altos o efeito lembra como se você estivesse usando um fone de ouvido, sem contar que a qualidade do som é realmente digna de nota. 

Para que o som do motor não interfira na sua música favorita, a Nissan adotou um para-brisa acústico que, segundo a Nissan reduz em até 1,8 decibel o ruído na cabine, o que de fato pode ser percebido nas acelerações e retomadas de pé embaixo (quando o CVT joga os giros lá em cima). Falando em motor, nada muda no 1.6 aspirado (HR16), nem na programação do câmbio automático CVT. Considerando que o Kicks é um carro leve (1.139 kg nesta versão top), os 114 cv e 15,5 kgfm não chegam a ser insuficientes, mas...

No uso urbano, o Kicks tem respostas satisfatórias e acompanha o tráfego sem esforço, porém, na estrada suas limitações ficam mais evidentes, especialmente em ultrapassagens. Abastecido com gasolina, o modelo acelerou de 0 a 100 km/h em 12,1 segundos nas nossas medições (antes havia feito 11,6 s com etanol), ou seja, o desempenho continua o mesmo de sempre. Pode ser OK para as versões de entrada, mas no preço desta Exclusive o segmento oferece uma série de rivais com motores turbo ou aspirados de litragem maior, com força mais condizente para uma utilização familiar (carro carregado). 

Nissan Kicks Exclusive 2022

Por outro lado, o consumo continua um bom argumento do modelo da Nissan, que alcançou médias de 11,2 km/litro na cidade e 14,6 km/litro na estrada (lembrando que o carro estava com gasolina). Faltou, no entanto, aumentar a capacidade do tanque de apenas 41 litros, uma reclamação recorrente dos proprietários por limitar a autonomia principalmente quando abastecido com etanol. Para quem deseja mais economia, a Nissan deve lançar em 2022 uma versão híbrida E-Power, que usa um motor a combustão (que no Brasil deve ser flex) somente como gerador para o elétrico.

A tocada do Kicks segue agradável, lembrando mais um hatch que um SUV. A Nissan diz ter alterado alguns pontos de fixação da suspensão traseira e da caixa de direção, para melhor agilidade e estabilidade. Na prática, senti a traseira um pouco mais firme, mas sem perder a boa absorção de impactos que é característica (e apreciada) do Kicks. E a direção tem peso correto tanto nas manobras (leve) quanto em velocidade (mais pesada), além de boa comunicação nas curvas.

Esta versão Exclusive ainda tem a ajuda do controle de chassi, que ajusta, por meio de pulsos nos freios, a carroceria para se manter o mais equilibrada possível, atuando antes do ESP em curvas, desvios rápidos e ondulações do piso. Em suma, um conjunto que merecia mais motor.

Nissan Kicks Exclusive 2022

Por fim, a Nissan adotou pneus com maior coeficiente de aderência (Brigestone Turanza T005), prometendo reduzir o espaço de frenagem. Em nossos testes, realmente o Kicks Exclusive foi mais eficiente que o antigo SL: vindo a 100 km/h, o novo parou em 40,4 metros contra 41,9 m do antecessor. Mas, diferentemente do que aconteceu nos EUA, onde as versões mais caras do Kicks ganharam freios traseiros a disco, por aqui foram mantidos os tambores atrás. 

Mais bonito, mais equipado, mais equipado e melhor de dirigir, o Kicks amadureceu com a reestilização e, sem alteração na tabela de preços, tem tudo para continuar sua bem sucedida carreira no Brasil - especialmente na versão intermediária Advance, de R$ 106.390, que ganhou itens desejados e nos parece ter a melhor relação custo-benefício da gama. Já o Exclusive tinha tudo para se posicionar como um dos melhores da categoria, mas para isso precisava pegar emprestado o motor 1.3 turboflex que o primo Renault Captur vai estrear em breve.  

Fotos: autor e divulgação

 

FICHA TÉCNICA: Nissan Kicks Exclusive 2022

MOTOR dianteiro, transversal, 4 cilindros, 16 válvulas, 1.598 cm3, duplo comando variável na admissão, flex
POTÊNCIA/TORQUE

114 cv a 5.600 rpm; Torque: 15,5 kgfm a 4.000 rpm

TRANSMISSÃO automática CVT com simulação de 6 marchas; tração dianteira
SUSPENSÃO McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira
RODAS E PNEUS liga leve aro 17" com pneus 205/55 R17
FREIOS discos ventilados na dianteira e tambores na traseira, com ABS e ESP
PESO 1.139 kg em ordem de marcha
DIMENSÕES comprimento 4.310 mm, largura 1.760 mm, altura 1.590 mm, entre-eixos 2.610 mm; altura livre do solo 200 mm
CAPACIDADES tanque 41 litros; porta-malas 432 litros; carga útil 411 kg
PREÇO  R$ 116.390 (R$ 121.440 como o testado)
MEDIÇÕES MOTOR1 BR (GASOLINA)
    Kicks Exclusive CVT
  Aceleração  
  0 a 60 km/h 5,5 s
  0 a 80 km/h 8,3 s
  0 a 100 km/h 12,1 s
  Retomada  
  40 a 100 km/h em S 9,1 s
  80 a 120 km/h em S 10,2 s
  Frenagem  
  100 km/h a 0 40,4 m
  80 km/h a 0 24,3 m
  60 km/h a 0 13,9 m
  Consumo  
  Ciclo cidade 11,2 km/l 
  Ciclo estrada 14,6 km/l

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Galeria: Nissan Kicks Exclusive 2022 (Teste BR)

Envie seu flagra! flagra@motor1.com