Porsche Taycan lidera com sobras na faixa superior

Com vendas 5,4% superiores às registradas há um ano, o segmento de sedãs médios premium segue sem novidade quando o assunto é liderança. Em seu melhor momento desde outubro de 2019 (660) graças a uma alta de quase 97%, o BMW Série 3 conquistou a preferência de 648 consumidores, resultado suficiente para assegurar impressionantes 73,2% de participação de mercado.

Arquirrival do Série 3, o Mercedes-Benz Classe C, em queda superior a 60%, emplacou quase 8 vezes menos (85). Vale ressaltar que a nova geração do modelo já foi apresentada na Europa e pode chegar ao Brasil no 2º semestre deste ano. Assim como em fevereiro, o Audi A4 (47) registrou a maior evolução no período (+161%).

Mercedes Classe C Flex
Audi A4 2021 - Brasil

Também em alta (+69,6%), o Audi A5 veio na sequência. Da 5ª posição em diante, todos os modelos tiveram quedas superiores a 60% - a exceção foi o lanterna BMW Série 2 Gran Coupé (5), que não era vendido no início de 2020. Dono da maior retração (-91%), o Audi A3 Sedan (9) tem estreia de nova geração no país prevista para os próximos meses.

Sedãs Médios Premium 

POS. 

MODELO 

MAR/21 

FEV/21 

MAR/20 

% MAR 21 

% FEV 21 

VARIAÇÃO MAR/FEV 

VARIAÇÃO 2021/2020 

 

BMW SÉRIE 3 

648 

426 

329 

73,22% 

55,04% 

52,11% 

96,96% 

 

MERCEDES-BENZ CLASSE C 

85 

130 

215 

9,60% 

16,80% 

-34,62% 

-60,47% 

 

AUDI A4 

47 

61 

18 

5,31% 

7,88% 

-22,95% 

161,11% 

 

AUDI A5 

39 

58 

23 

4,41% 

7,49% 

-32,76% 

69,57% 

 

MERCEDES-BENZ CLASSE A SEDAN 

37 

30 

113 

4,18% 

3,88% 

23,33% 

-67,26% 

 

AUDI A3 SEDAN 

29 

101 

1,02% 

3,75% 

-68,97% 

-91,09% 

 

VOLVO S60 

28 

25 

1,02% 

3,62% 

-67,86% 

-64,00% 

 

MERCEDES-BENZ CLA 

16 

0,68% 

0,39% 

100,00% 

-62,50% 

 

BMW SÉRIE 2 GRAN COUPÉ 

0,56% 

1,16% 

-44,44% 

 

 

885 

774 

840 

100,00% 

100,00% 

14,34% 

5,36% 

porsche-taycan-turbo-s-br
Audi A6 Sedan

Na faixa de cima, o grande destaque foi novamente da Porsche. Com 49 emplacamentos, o Taycan completou 3 meses consecutivos no topo e respondendo por mais de 60% dos registros da categoria. A vice-liderança coube a um BMW Série 7 (17) que, impulsionado pela versão híbrida 745Le, jamais havia vendido tanto.

2º colocado em fevereiro, o Mercedes Classe E (9) completou o pódio em baixa de pouco mais de 18%. O Audi A6 (4), que agora passará a contar com uma versão de entrada na faixa dos R$ 400 mil, foi o 4º colocado. Empatados com 2 unidades cada, BMW Série 5 e Porsche Panamera perderam 6 em cada 10 compradores cada em relação a 2020. Lanterna, o Audi A7 conquistou um único cliente.

Sedãs Grandes Premium 

POS. 

MODELO 

MAR/21 

FEV/21 

MAR/20 

% MAR 21 

% FEV 21 

VARIAÇÃO MAR/FEV 

VARIAÇÃO 2021/2020 

 

PORSCHE TAYCAN 

49 

73 

58,33% 

64,60% 

-32,88% 

 

BMW SÉRIE 7 

17 

14 

20,24% 

12,39% 

21,43% 

750,00% 

 

MERCEDES-BENZ CLASSE E 

15 

11 

10,71% 

13,27% 

-40,00% 

-18,18% 

 

AUDI A6 

4,76% 

3,54% 

0,00% 

33,33% 

 

BMW SÉRIE 5 

2,38% 

5,31% 

-66,67% 

-66,67% 

 

PORSCHE PANAMERA 

2,38% 

0,88% 

100,00% 

-60,00% 

 

AUDI A7 

1,19% 

0,00% 

 

 

84 

113 

27 

100,00% 

100,00% 

-25,66% 

211,11% 

Fonte: Fenabrave 

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com