Novo CEO da marca norte-americana quer focar em segmentos nos quais a H-D já é forte

O ano de 2020 era para ser de intensas mudanças na Harley-Davidson. Seguindo os preceitos do plano "More Roads" traçado em 2018, a lendária marca norte-americana deveria entrar em novos segmentos, como o das bigtrails e das nakeds esportivas, até o fim deste ano. A Harley já havia até mostrado os modelos Pan America e Bronx para essas categorias, respectivamente, durante o Salão de Milão (EICMA) de 2019. Mas as coisas mudaram na H-D, e não foi só devido à pandemia...

Em dificuldades financeiras há anos, a Harley tinha a meta de expandir mercados para conquistar novos clientes para suas tradicionais custom, mas também entrar em categorias até então não exploradas pela empresa - como o das motos elétricas, com a Livewire, por exemplo. Esse era o plano de Mark Levatich, ex-CEO da marca, que era um dos entusiastas da Pan America e da Bronx. 

2021 Harley-Davidson Pan America
Harley-Davidson Livewire

Bigtrail (Pan America) e 100% elétrica (Livewire): planos da Harley para expansão de segmentos deve ser freado

Acontece que Levatich não resistiu aos maus resultados da empresa nos últimos anos: desde que ele assumiu, em maio de 2015, as vendas caíram cerca de 20% e as ações despencaram 46% no período, tornando difícil manter sua posição diante dos investidores. Isso até que, em fevereiro deste ano, Levatich deu lugar a Jochen Zeitz, executivo alemão conhecido salvar a Puma (calçados) da quase falência. Apesar de apoiar o projeto da elétrica Livewire, Zeitz é mais conservador e apresentou no começo de maio um novo plano de ação chamado "Rewire". 

Ao contrário do "More Roads", que previa a conquista de clientes mais jovens e de outros segmentos, o "Rewire" propõe que a marca volte a se concentrar nos nichos nos quais já tem atuação consolidada, reforçando a presença de modelos tradicionais na gama e história da empresa. 

Galeria: Harley-Davidson Bronx 2021

Desta forma, tanto a Pan America quanto a Bronx ficaram para 2021, sem data exata para chegada às lojas. Já a elétrica Livewire tinha previsão de vir ao Brasil ainda em 2020, mas não sabemos o quanto as novas diretrizes da Harley e também a pandemia podem ter alterado o cronograma de lançamentos da marca mundo afora.

Fotos: divulgação 

Galeria: Harley-Davidson Pan America 2021