Tem mudança de nomes importantes, como Fiat Strada, Chevrolet Tracker e Nissan Versa

Após um 2019 bem animado, 2020 promete ser mais tranquilo nas novidades para o mercado automotivo brasileiro. Isso não significa que será parado, pois há muitos carros confirmados para o ano que vem, alguns deles com a promessa de mexer não só com seus respectivos segmentos, como também com a própria fabricante. Veja quais são os 20 principais lançamentos que chegarão ao Brasil em 2020:

Audi Q3

Audi Q3 2019 - Teste

A nova geração do Audi Q3 finalmente chegará ao Brasil para recuperar o seu espaço no segmento dos SUVs compactos de luxo. Fontes ligadas à marca dizem ao Motor1.com que o lançamento acontecerá em fevereiro. As versões ainda não foram confirmadas, mas o mais provável é que chegue primeiro na variante com o 2.0 TFSI, nas opções de 190 cv e 230 cv, sempre com câmbio de dupla embreagem e 7 marchas.

BMW Série 1 e Série 2 Gran Coupé

2019 BMW Série 1

Embora os fãs puristas tenham torcido o nariz, o novo BMW Série 1 cumpriu o prometido e virou um hatch de tração dianteira. O modelo de entrada da marca bávara será vendido no Brasil e os concessionários dizem que a estreia acontecerá no começo do ano que vem. Lá fora, é vendido nas versões 118i com motor 1.5 turbo de 3 cilindros, entregando 140 cv e 22,5 kgfm e trabalhando com a transmissão automatizada de dupla embreagem e 7 marchas; e a M135i xDrive, com o 2.0 turbo de 306 cv e 45,9 kgfm, sempre com o câmbio automático de 8 posições.

BMW Série 2 Gran Coupé 2020

E ainda teremos uma opção mais em conta para quem quer um sedã da BMW, na forma do Série 2 Gran Coupé, que servirá basicamente como um Série 1 Sedan global (descartando o modelo que já existe na China). Revelado recentemente, o cupê de quatro portas também chegará ao Brasil em 2020, posicionado abaixo do Série 3 e usando a mesma plataforma de tração dianteira do Série 1. Espere por opções semelhantes de motorização, como o 1.5 turbo de 140 cv e o 2.0 turbo de 306 cv.

Caoa Chery Tiggo 8

Chery Tiggo 8 - Facelift na China

A Caoa dará mais um passo na sua linha de SUVs com a oferta de um novo modelo topo de linha. O Tiggo 8 foi apresentado no Salão do Automóvel do ano passado e deveria ter chegado ao país ainda neste ano - porém, o modelo foi reestilizado lá fora e a fabricante preferiu esperar. Agora o lançamento é previsto para 2020, medindo 4,70 m de comprimento e com capacidade para sete pessoas. Na China, é vendido com o motor 1.5 turbo de 150 cv e câmbio de dupla embreagem e 6 marchas. Espere por valores acima de R$ 120 mil.

Caoa Chery Arrizo 6

Chery Arrizo GX

Também conhecido como Arrizo GX, o Caoa Chery Arrizo 6 é outra promessa da Caoa para o Brasil. Enquanto o Arrizo 5 entra no segmento de Honda City e Volkswagen Virtus, o novo sedã competirá com Toyota Corolla e Honda Civic. Nos bastidores, a informação que circula é que ele será fabricado em Jacareí (SP). Em seu país de origem, é vendido com o 1.5 turbo de 150 cv e 21,4 kgfm, o mesmo que equipa o Tiggo 8, mas com um câmbio CVT que simula 9 marchas.

Chevrolet Tracker

Galeria: Chevrolet Tracker 2020

O Chevrolet Tracker sempre foi um coadjuvante no segmento de SUVs compactos. Importado do México, não conseguia vir com volume e preço o suficiente para ser competitivo. Isto muda na nova geração do crossover, compartilhando plataforma com novo Onix e que passa a ser produzido na América Latina. O lançamento acontecerá no 1º trimestre de 2020 e nossas fontes dizem que terá um preço muito mais competitivo do que o atual, custando cerca de R$ 85 mil na versão de entrada. A motorização será composta pelo inédito 1.2 turbo de três cilindros, além do 1.0 turbo do novo Onix nas versões de entrada.

Citroën C5 Aircross

Citroën C5 Aircross 2019

O sucesso do C4 Cactus deixou a Citroën animada com o segmento dos SUVs e irá apostar no C5 Aircross, modelo que ocupará a vaga do finado C4 Picasso, entrando no mesmo segmento que Chevrolet Equinox, Hyundai Tucson e Peugeot 3008. Falando no 3008, ele deve ditar algumas tendências para o C5 Aircross, incluindo o motor 1.6 THP de 165 cv e 24,5 kgfm, sempre com câmbio automático de 6 marchas. Ele será o primeiro na estratégia da Citroën de lançar um carro por ano até 2023.

Fiat Strada

Fiat Strada 2021 - Flagra na Rodovia dos Bandeirantes

Depois de um ano quieta, lançando apenas versões, a Fiat começará 2020 com uma novidade muito importante para a marca. Enfim veremos a nova geração da Strada, a picape mais vendida do país, que tem inicio de produção previsto para janeiro, chegando às lojas em março. Será vendida nas versões de cabine simples (com conceito maxcab) e dupla de quatro portas, enquanto a mecânica será formada pelo conhecido 1.4 Fire de 88 cv e pelo novo 1.3 Firefly de 109 cv. No futuro, ainda receberá o inédito 1.0 turbo de três cilindros e câmbio automático do tipo CVT.

Ford Territory

Ford Territory

Descrito pela marca como "o começo do futuro da Ford na América Latina", o Ford Territory virá da China com a missão de enfrentar o Jeep Compass no segmento dos SUVs médios. Confirmado para 2020, o crossover é baseado no modelo chinês Jiangling Yusheng S330. A fabricante não revela qual será a motorização no Brasil, já que na China ele é vendido com um 1.5 turbo de quatro cilindros e 145 cv, que não deve ser oferecido por aqui. Espere por valores por volta de R$ 130 mil.

Ford Escape Hybrid

Ford Escape 2020

Enquanto o Territory será a opção mais em conta entre os SUVs médios, o Ford Escape virá para quem quiser um crossover da marca com mais tecnologia - tanto é que nossas fontes dizem que chegará exclusivamente na versão híbrida. É equipada com um motor 2.5 a combustão e duas unidades elétricas, entregando 200 cv de potência combinada. A ideia é repetir o sucesso do Toyota RAV4 Hybrid, que tem fila de espera, com preço acima dos R$ 150 mil.

Honda Fit

Honda Fit 2021 - Imagens do catálogo

A quarta geração do Honda Fit já tem data para estrear no Japão, com apresentação marcada para o dia 23 de outubro. O hatchback voltará às origens, se aproximando mais de uma minivan, e com um novo sistema híbrido. Não demorará muito para vir ao Brasil, com uma possível apresentação no Salão do Automóvel de São Paulo do ano que vem. Por aqui, é especulado que traga o motor 1.0 turbo de 3 cilindros e 120 cv, que também será aproveitado pelo próximo City.

Land Rover Defender

Land Rover Defender 2020

O Land Rover Defender mal foi apresentado na Europa e já tivemos a confirmação da marca de que ele será lançado no Brasil. Previsto para o 2º trimestre de 2020, o jipão virá para ficar entre o Discovery Sport e o Discovery, com opção de até 7 lugares. No momento, ele é vendido na Europa nas versões 2.0 turbodiesel de 200 cv e 240 cv; 2.0 turbo a gasolina de 300 cv e o 3.0 turbo de seis cilindros e com um sistema híbrido-leve, entregando 400 cv. A marca deve repetir a estratégia usada com o Evoque e disponibilizar primeiro a versão MHEV de 400 cv, deixando as demais para um segundo momento.

Mercedes-Benz GLB

Mercedes-AMG GLB 35 4MATIC 2019

A Mercedes-Benz também vai atacar com um SUV de 7 lugares. O inédito GLB já foi confirmado para o 2º semestre de 2020, primeiro na variante esportiva AMG 35, equipada com motor 2.0 turbo de 306 cv. O crossover ficará entre o GLA e o GLC e os preços ainda não foram divulgados. Como chega só na segunda metade do ano que vem, é provável que seja uma das estrelas da marca para o Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro. Unidades de teste já rodam no país.

Mercedes-Benz EQC

Mercedes-Benz EQC400 2020

Primeiro carro puramente elétrico de produção em série da empresa, o Mercedes-Benz EQC virá para enfrentar o Audi e-tron e o Jaguar I-Pace. A fabricante ainda não especifica quando ele estará nas lojas. A motorização é formada por dois propulsores elétricos, um em cada eixo, com uma potência combinada de 408 cv. Sua autonomia fica entre 445 km e 471 km, sendo capaz de recarregar 80% da capacidade das baterias em 40 minutos com o uso de uma tomada de recarga rápida.

Mitsubishi L200

Mitsubishi L200 Triton 2019

A Mitsubishi L200 Triton passou por mais uma reestilização, desta vez adotando o mesmo visual usado pelos mais recentes SUVs da marca, como o Eclipse Cross. Esta renovação já foi registrada pela fabricante no Brasil e, segundo nossas fontes, será adotada pela picape por aqui em meados de 2020. Será o último facelift do atual modelo, já que a Mitsubishi já trabalha na próxima geração da L200 Triton, que irá compartilhar plataforma com Nissan Frontier e Renault Alaskan.

Nissan Versa

Galeria: Nissan Versa 2020 (México)

Gostou do design do novo Versa? Nós o veremos por aqui na metade do ano que vem, importado do México para atuar no mesmo segmento que Honda City e Volkswagen Virtus. Se apoiará no design mais moderno que o do modelo atual e numa lista de equipamentos bem completa. Já a motorização deve seguir com um motor 1.6 aspirado, que no México oferece 124 cv. Já o Versa atual continuará nas concessionárias, adotando o nome V-Drive.

Peugeot 208

Peugeot 208 2020

O Peugeot 208 foi o carro que começou a mudar a imagem da marca no Brasil. Agora a marca quer fazer o mesmo com a segunda geração do hatchback, que será lançado na América Latina no 2º semestre de 2020. Será produzido na Argentina, para brigar com Chevrolet Onix e Volkswagen Polo, e irá estrear o motor 1.2 turbo no Brasil, com 130 cv. A fabricante diz que o elétrico e-208 também será vendido por aqui, mas ainda sem data de estreia. O atual 208 será mantido em versão de entrada.

Porsche Taycan

2020 Porsche Taycan Turbo S

A Porsche entrou no grupo das fabricantes que fazem carros EVs com o Taycan, um sedã elétrico que alcança os 100 km/h em 2,8 segundos e tem autonomia de até 463 km. É o primeiro carro a usar uma arquitetura elétrica de 800 volts, permitindo uma recarga rápida até 80% de capacidade em apenas 22,5 minutos. A montadora diz que trará as três versões: 4S, Turbo e Turbo S, ainda sem preços divulgados. Terá pré-venda no 1º semestre, com entregas na segunda metade do ano.

Renault Duster

Novo Renault Duster

Apesar de estar rodando no Brasil há um tempo, o novo Renault Duster só chegará ao Brasil no ano que vem - e aos poucos. O lançamento acontecerá no 1º semestre de 2020 com o motor 1.6 SCe de 120 cv, o mesmo que já equipa o modelo atual. O 2.0 aspirado sairá de linha para que, em 2021, ganhe o 1.3 turbo de 170 cv com transmissão de dupla embreagem.

Volkswagen T-Sport

VW T-Sport

Achou estranho o Volkswagen T-Cross custar partir de R$ 85 mil? Há uma razão para isso: a fabricante trabalha em um SUV-cupê abaixo dele e que terá somente motor 1.0 turbo. Ele deve ser batizado como T-Sport e tem estreia confirmada pela fabricante para o 2º trimestre de 2020, com produção em São Bernardo do Campo (SP). Terá entre-eixos do Polo, de 2,56 metros (contra os 2,65 m do Virtus e T-Cross), mas com balanços maiores. O jornalista Douglas Mendonça adianta que ele será equipado com o motor 1.0 TSI, mas em duas versões: uma de 116 cv e outra com 128 cv.

Volkswagen Polo/Virtus GTS

Volkswagen Polo GTS e Virtus GTS

A tão esperada versão esportiva de Polo e Virtus finalmente será lançada em 2020. Ambos os modelos adotam o nome GTS, com um visual inspirado no Polo GTI europeu, mas com o motor 1.4 TSI de 150 cv no lugar do 2.0 TSI de 230 cv de sua contraparte do primeiro mundo. A transmissão será a conhecida automática de 6 marchas. Preços ainda não foram divulgados, mas a melhor aposta é que o Polo parta de R$ 90 mil, enquanto o Virtus poderá passar dos R$ 100 mil.

Fotos: divulgação e arquivo Motor1.com