Fábrica em El Palomar deverá produzir modelos compactos com a plataforma CMP

Em entrevista aos jornais argentinos, Gustavo Soloaga, vice-presidente para América Latina do Grupo PSA, revela que a fábrica de El Palomar será a primeira fora da Europa a usar a plataforma modular CMP. Essa base dará origem a uma nova linha de veículos compactos, substituindo o Peugeot 208 e o Citroën C3 feitos em Porto Real (RJ). Além disso, a marca estuda produzir sua nova picape média na Argentina.

Leia também:

A PSA trabalha com uma estratégia de cada fábrica ser responsável por apenas uma plataforma. Assim, El Palomar ficará com a CMP, também chamada de EMP1, para carros menores. É a sucessora da PF1, usada no 208 e C3.

Peugeot Pick Up

Segundo Soloaga, essa mudança é necessária pela diferença na balança comercial entre Brasil e Argentina. El Palomar, atualmente, fabrica modelos do segmento C (plataforma PF2), como Citroën C4 Lounge e Peugeot 408, sedãs de baixo volume de vendas no nosso mercado. “É um segmento que, no mundo todo, tende a ser cada vez menor”, explica o executivo. Como os SUVs compactos, substitutos naturais dos sedãs, são feitos por aqui, a Argentina precisaria de produtos de maior volume.

O outro plano é entrar em segmentos que a PSA ainda não participa. Um deles pode ser a picape média, que está em desenvolvimento em parceria com a chinesa Dongfeng. Soloaga diz que ainda está no estágio inicial e que não há nada decidido sobre sua produção – embora já deixe claro que, se for aprovada, quer o modelo na América Latina.

Fonte: Argentina Autoblog

Galeria: Peugeot Pick Up