Promete oferecer mais conforto graças ao novo isolamento acústico

Mais uma reestilização do que um novo modelo, o Duster 2018 aproveita o grande sucesso de seu predecessor e traz diversas melhorias em muitos aspectos enquanto continua sendo "muito barato" (pelo menos na Europa, onde é vendido como Dacia). A divisão romena de baixo custo da Renault divulgou novas imagens e vídeos do SUV sem firulas, além de explicar melhor as mudanças.

Para começar, o isolamento acústico foi melhorado ao usar mais materiais que bloqueiam o som não só dentro da cabine, como também no cofre do motor. Por isso, teve que receber novos selantes e plugues, enquanto o vidro das janelas dianteiras ficaram 0,35 milímetros mais grossas do que antes. Além disso, o novo Duster deve ficar mais suave e confortável graças à queda no barulho do motor e da via, resultado de uma frente mais rígida, o que reduz a vibração que é transmitida à cabine.

Leia também:

A Dacia mexeu no sistema de som, instalando alto-falantes maiores nos painéis das portas, melhorando a montagem. Olhe para uma das versões mais caras do Duster 2018 e ele terá tweeters montado no topo do painel.

Outra mudança significante é a nova direção elétrica, que reduz o esforço para virar o volante em 35%, o que deve ajudar na hora de estacionar o SUV - até agora, a marca usava direção eletrohidráulica. Falando em estacionar, tem um sistema de câmeras 360° que fornecem imagem da frente, de trás e de cada lado do veículo.

Chave presencial também estará disponível nas versões mais completas, assim como assistente de partida e descida em rampa e até mesmo um monitor para a tração 4x4, que mostra um compasso além do ângulo do Duster. No quesito segurança, há airbags de cortina, alerta de ponto cego, encostos de cabeça maiores, espelhos laterais mais largos, faróis automáticos, limitador de velocidade e aviso de cinto de segurança traseiro. A Dacia desenvolveu novos capô e para-choques para melhorar a absorção do impacto contra pedestre, enquanto o chassi está mais grosso do que antes para proteger os passageiros em caso de colisão.

Quando chegar ao Brasil, deve manter a linha de motores atual, composta pelo 1.6 SCe de 120 cv na versão de entrada, com câmbio manual de 5 marchas e automático do tipo CVT; e 2.0 na versão topo de linha e que, até o momento, é combinado à uma transmissão automática de 4 marchas.

2018 Dacia Duster

O interior foi redesenhado para que tivesse mais refinamento e acabamento de segmentos superiores, apesar que a central multimídia ainda é a mesma. A marca promete um novo sistema para o ano que vem, quando o SUV irá receber a nova tela sensível ao toque que aparece no desenho acima.

A segunda geração do Duster começará a ser vendida na Europa no começo de 2018, com o emblema da Dacia. Nossa versão, com o nome da Renault, já apareceu em algumas imagens, com alguns diferenças leves no design. Será apresentado somente no final de 2018, como a atração da fabricante para o Salão do Automóvel de São Paulo, com vendas começando logo depois.

Fonte: Dacia

Galeria: Dacia Duster 2018