E pensar que esta onda começou com um Ssangyong...

O Volkswagen Nivus deu o que falar desde quando foi apresentado pela primeira vez. Fato é que os SUVs cupês ganham cada vez mais espaço e importância no mercado, e a tendência é que eles se proliferem - assim como as picapes. Tudo começou em 2005 com o...Ssangyong Actyon. Sim, sabemos que você pensou no BMW X6...

O BMW X6 surgiu anos depois, em 2008, trazendo o estilo mais esportivo desse tipo de carroceria ao mercado premium, como uma variante mais esportiva do X5. Ganhou destaque nas ruas justamente por ser diferente do que estava no mercado até então e, com base nessa receita, a BMW lançou também o X4, seu irmão menor, em 2014. 

Galeria: SUVs Coupé

Outras marcas premium seguiram a BMW nos anos seguintes. Em 2015, a Mercedes-Benz apresentou o GLE Coupé e GLC Coupé, com desenhos tão parecidos que eles se diferenciavam basicamente pelo porte. Depois vieram os Audi (Q8 e Q3 Sportback), Lamborghini (Urus) e Porsche, com o Cayenne Coupé. 

Quando falamos em modelos mais "populares", podemos citar o Renault Arkana, que chegou a ser prometido para o Brasil, mas logo foi cancelado por custos elevados; o Mitsubishi Eclipse Cross; o VW Atlas Cross Sport; o novo Citroën C4 e, claro, o Volkswagen Nivus. A Fiat tem planos para um modelo na categoria, baseado no Argo, e apresentou também o conceito Fastback no Salão do Automóvel de 2018, este baseado na Toro. 

SUVs Coupé
SUVs Coupé

O SUVs cupês surgiram como uma opção mais esportiva aos SUVs e crossovers dos quais derivam. Como o próprio Nivus, buscam um público mais jovem e "descolado", que prefere o design e estilo mais esportivo, como eram os tradicionais cupês em relação aos sedãs - que, anos mais tarde, deram vida os cupês de quatro portas, como os Audi A5 e A7 Sportback, Porsche Panamera e BMW Série 8 GC, entre outros. 

Participam desta edição:

Ouça nosso Podcast gratuitamente nas plataformas

 

Edição: Paulo Henrique Trindade