Aguardada pelos fãs do segmento desde 2019, a picape Jeep Gladiator finalmente deixará de ser promessa para desembarcar de forma oficial no Brasil. Flagras do modelo rodando pelas ruas brasileiros têm se tornado constantes e comprovam os trabalhos constantes de adaptação realizados para adequação ao nosso mercado. A data exata do lançamento ainda não foi confirmada, mas certamente acontecerá em 2022.

A chegada acontecerá com cerca de dois anos de atraso, tendo em vista a alta procura verificada em mercados estrangeiros. A fábrica do Ohio, única a montar o modelo, tem capacidade para produzir anualmente 100 mil unidades, mas não estava dando conta dos pedidos. Além disso, a produção foi afetada recentemente pela escassez de semicondutores, comprometendo o cronograma de entregas.

Galeria: Jeep Gladiator Rubicon no Brasil (novo flagra)

De todo modo, os preparativos para estreia da Gladiator no Brasil já estão sendo realizados. Além dos testes de rua, a marca já registrou junto ao INPI (Instituto Nacional da Propriedade Intelectual) o nome do modelo. Detalhes sobre a configuração destinada ao nosso mercado ainda são desconhecidos, mas tudo aponta para a variante Rubicon (a mesma lançada na Argentina e que aparece constantemente nos flagras).

Ao todo, a Gladiator mede 5,53 metros de comprimento, 1,87 me de largura, 1,93 m de altura e 3,48 m de entre-eixos. A capacidade de carga, dependendo da versão, chega aos 770 quilos. Sob o capô, tudo aponta para adoção do motor 3.6 V6 Pentastar de 285 cv e 35,9 kgfm de torque, ligado ao câmbio automático de 8 marchas. A tração será 4x4 com reduzida e bloqueio dos diferenciais dianteiro e traseiro.

Preços ainda são desconhecidos, mas a julgar pelos valores cobrados pelo Wrangler (R$ 439.590 na versão Rubicon) já adiantamos que a picape não será barata.

Envie seu flagra! flagra@motor1.com