Fábrica na Tailândia continuará fechada por mais algumas semanas, empurrando início da produção pra junho

Antes prevista para julho, a apresentação da Toyota Hilux renovada corre o risco de ser adiada por conta do combate ao coronavírus na Tailândia. Documentos obtidos pelo site Autoindustriya revelam que as linhas de montagem da marca no país, que deveriam voltar a produzir nesta semana, agora ficarão fechadas até a segunda semana de maio. E isso pode afetar a apresentação do modelo. No Brasil, a estreia é esperada para o último trimestre deste ano.

Os documentos vistos pelo Autoindustriya mostra uma série de projetos futuros. Entre eles está o 645B, código para a reestilização da Toyota Hilux, que deveria ser produzida em maio, mas acabou adiada para junho de 2020, ainda sem uma data exata definida. O utilitário SW4 estaria marcado para ser feito junto com a picape no mesmo momento.

Galeria: Nova Toyota Hilux 2021 (imagens vazadas)

Esta mudança na data pode levar a fabricante a alterar a data de estreia mundial da picape, antes marcada para julho. Tudo dependerá do plano da Toyota. Se ela preferir mostrar o modelo no mesmo momento em que iniciar as vendas na Tailândia, então devemos ver a Hilux somente em agosto, com uma diferença de dois meses desde o início da produção. Outra alternativa é que a fabricante faça o mesmo que a Fiat fez com a Strada, mostrando as primeiras imagens online, mesmo que o início das vendas aconteça meses depois.

Aos poucos vamos sabendo todos os detalhes sobre a Hilux. Imagens de um catálogo foram publicadas na última semana, revelando o novo design da picape. Também vimos um pouco do visual do SW4, depois de um flagra em baixa qualidade e uma projeção. No caso da Hilux, as imagens mostram que terá um design próximo da Tacoma, sua prima norte-americana, além de receber itens como faróis full-LED e novas lanternas, também em LED.

Também vimos muitas notícias sobre a parte mecânica, relatando que o motor 2.8 turbodiesel seria atualizado para ter uma potência mais próxima das rivais e reduzir as emissões de poluentes. Um relato recente adianta que pode entregar 204 cv e 47,9 kgfm, um aumento de 27 cv e 2 kgfm. Há rumores também sobre uma versão esportiva feita pela Gazoo Racing e que seria equipada com um motor V6 turbodiesel com mais 270 cv.

Galeria: Toyota Hilux e SW4 facelift - Flagra

A apresentação da Toyota Hilux acontecerá entre julho e agosto na Tailândia, começando a ser vendida para toda a Ásia. Já no Brasil, a atualização da picape feita na Argentina acontecerá no 2º semestre, possivelmente no último trimestre do ano, como a principal novidade da marca japonesa para o nosso mercado. O SW4 será lançado no mesmo momento, também atualizado e com a mesma mudança na motorização.