Visual terá inspiração no RAV4 e Corolla

Ainda neste ano devemos conhecer a reestilização da picape Hilux e do seu SUV, o SW4. Enquanto a picape passará pela segunda mudança desta geração, o SW4 terá seu primeiro facelift, mas que não quebrará de forma radical o estilo que o colocou como líder no segmento de SUVs grandes no Brasil - sua concorrência vem dos Chevrolet Trailblazer e Mitsubishi Pajero Sport. 

Depois do flagra que mostrou o Toyota SW4 2021 sem camuflagens, o pessoal do Kolesa.ru fez uma projeção para mostrar as linhas definitivas do SUV, com clara inspiração na linguagem de design aplicada no RAV4. A dianteira ficou ainda mais agressiva com os faróis mais afilados, um conjunto full-LED provavelmente nas versões mais caras, e um para-choque com entradas de ar maiores, além de detalhes em preto no lugar dos cromados atuais.

Projeção - Toyota SW4 2021

Na traseira, as novas lanternas ganham um rearranjo interno de luzes, e aqui também some a barra cromada que ligava as peças. O para-choque traseiro recebeu dois elementos verticais para guardar os refletores de luz. Chama a atenção a aplicação da pintura bicolor, uma tendência entre os SUVs e que deve chegar ao SW4 nesta mudança de meio de ciclo. 

No interior, é esperada a chegada do sistema multimídia com espelhamento de smartphones via Apple CarPlay e Android Auto, além de leves retoques como cores, materiais e tecidos, por exemplo. A motorização deverá seguir o 2.8 turbodiesel, mas rumores indicam uma recalibração para emissões, consumo e um possível ganho de potência, saindo dos 177 cv atuais para cerca de 190 cv. A incógnita é a manutenção do 2.7 aspirado flex, já que o mercado mostra a preferência pelo diesel neste segmento - o Trailblazer perdeu a versão V6 aspirada recentemente. O mesmo pode acontecer com a Hilux. 

O lançamento no Brasil era esperado para o começo do segundo semestre deste ano, mas pode ter ficado para mais ao fim do ano, já que as fábricas de automóveis estão paradas por conta pandemia do coronavírus e já adiou diversos lançamento no Brasil e no mundo. 

Ouça nosso podcast: