Novo sedã será lançado em junho, com direito a câmbio DSG e bancos aquecidos

Apesar de naturalmente desempenhar o papel de variante sedã do Polo em toda a Améria Latina, o Volkswagen Virtus não chegará a mercados europeus onde o antigo Polo Sedan ainda é vendido. Na Rússia, por exemplo, a marca apostará na renovação do modelo anterior como forma de reduzir custos e manter os preços competitivos. O design será completamente revisto, como adiantam os esboços oficiais, mas a plataforma ainda será a antiga PQ25, de construção mais barata e simples. Para efeito de comparação, o Virtus brasileiro é construído sobre a arquiterura MQB-A0, considerada mais moderna e segura - porém cara demais para os padrões russos. O lançamento por lá deverá acontecer até junho, com as vendas sendo iniciadas logo na sequência.

Galeria: Novo Volkswagen Polo Sedan - Rússia

No visual, os sketches adiantam que a inspiração virá de sedãs maiores, como o Jetta e o Passat norte-americano, além do primo Skoda Rapid. Os faróis serão bem recortados nas pontas e integrados à grade, que por sua vez terá adornos cromados e um filete atravessando o logotipo. O capô terá vincos bem definidos, enquanto o para-choque dianteiro contará com amplas entradas de ar. Já a traseira será curta, no estilo liftback, com lanternas em LED que avançam sobre a tampa do porta-malas. A grafia Polo virá destacada ao centro, como nos lançamentos mais recentes da marca (leia-se Golf e T-Cross, por exemplo). A cabine terá quadro de instrumentos digital com tela de 10,25 polegadas e central multimídia tipo tablet com tela de 8,25" (ou 6,5" nas versões mais baratas).

Falando em versões, o catálogo será formado pelas configurações Origin, Respect, Status e Exclusive. Dependendo do caso, o motor poderá ser 1.6 MSI de 90 cv ou 110 cv e 1.4 TSI de 125 cv. O câmbio poderá ser manual, automático ou automatizado DSG, de acordo com a versão. Dados oficiais indicam 4,483 m de comprimento, 1,706 m de largura, 1,484 m de altura e 2,602 m de entre eixos. O porta-malas terá 550 litros, contra 460 litros do Polo Sedan anterior. Na prática, é basicamente o mesmo comprimento do Virtus, porém com entre-eixos 5 cm mais curto e 29 litros a mais no bagageiro. Os principais concorrentes serão Hyundai Solaris, Lada Vesta e Kia Rio Sedan.