Primeiras Impressões Volkswagen Jetta 2019 - A melhor safra do sedã

Agora na sétima geração, o VW Jetta 2019 é a primeira versão do sedã a usar a plataforma modular MQB. Os apaixonados por carros e fãs da VW provavelmente já sabem o que isso significa, então permita-me explicar para os demais: este Jetta é a maior, mais espaçoso, mais equipado, mais eficiente e mais barato (pelo menos aqui nos EUA) do que o anterior. Muito bom, não é?

Nem tudo está ligado à arquitetura do veículo, é claro, mas os benefícios da base MQB, junto com um plano de ataque esperto para o momento vivido pelo segmento de sedãs médios, pode fazer com que este Jetta cresça nas vendas para brigar pela liderança. Pelo menos, se você prefere um sedã do que um SUV - e que Deus te abençoe por isso - o modelo 2019 merece uma visita a uma concessionária da Volkswagen.

Como sempre, conhecer o Jetta começa pelos olhos. Muitos irão enxergar o sedã e suspirar aliviados, por não ser um carro tão exagerado, mas sem parecer demais com os outros modelos da marca, considerando a dificuldade das fabricantes em diferenciar seus veículos. O Civic, por mais que eu goste de seu design, não agrada a todos os públicos. Este sedã da VW, em compensação, com suas linhas fortes, perfil limpo e faróis com elementos afiados, é belamente conservador. Tem uma "cara" um pouco exagerada, mas longe do nível de alguns concorrentes.

Volkswagen Jetta 2019 - Primeiras impressões
Volkswagen Jetta 2019 - Primeiras impressões
Volkswagen Jetta 2019 - Primeiras impressões
Volkswagen Jetta 2019 - Primeiras impressões

Dirigi a versão intermediária R-Line do Jetta pela maior parte do dia e achei que é a mais atraente. A grade preta e as capas dos retrovisores ajudam a deixar o carro c...