Monovolume de 7 lugares feito sobre a plataforma CMF-A será lançado em 2019

Flagrada rodando em testes pela primeira vez em carroceria de produção no início da semana, a inédita minivan que a Renault desenvolve sobre a plataforma do Kwid aparece agora revelada em projeção. Idealizada pela filial da Índia sobre a plataforma CMF-A+, a MPV será lançada localmente por volta de 2019 e promete oferecer espaço para até 7 ocupantes. Contará com a mais recente identidade visual da marca e, para se adequar em um regime especial de tributação, não passará dos 4 metros de comprimento.

Novidades Renault :

Identificada internamente peo codinome RBC, a minivan terá um nível maior de refinamento no visual na comparação com o Kwid, conforme adianta a projeção. A dianteira será mais alinhada com o padrão global de design da Renault, trará o logotipo destacado ao centro e LEDs no para-choque. O teto será alto para reforçar a sensação de amplo espaço, ao passo que as portas serão largas e área envidraçada generosa. As rodas terão pelo menos 14 ou 15 polegadas, contra 13 do Kwid.

No interior, o layout básico do painel será bastante semelhante ao do irmão compacto. O painel de instrumentos será semi-digital (exatamente como no Kwid indiano) e o sistema de entretenimento será o conhecido MediaNAV. Entre outros diferenciais, são esperados amplos porta-objetos e saídas de ar-condicionado para as 3 fileiras de bancos.

Na Índia, a inédita minivan será posicionada abaixo da Renault Lodgy (projeto de origem Dacia), de modo a rivalizar com Honda Mobilio, Datsun Go+ e Maruti-Suzuki Ertiga.

Projeção: SRK Design via IAB

Galeria: Renault - Minivan baseada no Kwid