Nova geração roda por Curitiba (PR). Deve ser apresentada no Salão do Automóvel, em novembro, chegando às lojas em 2019

A Renault já trabalha na nova geração do Duster nacional. O SUV foi flagrado em testes em Curitiba (PR), com camuflagem na frente e na traseira, como mostram as fotos cedidas por nossos colegas do Car Point News. A apresentação deve acontecer em novembro, durante o Salão do Automóvel de São Paulo (para não perder a oportunidade), mas as vendas começarão somente no 1º semestre de 2019.

 

Leia também:

À primeira vista, o novo Renault Duster parece muito com o atual, sendo facilmente confundido com uma reestilização. Não é o caso, pois a carroceria foi alterada quase que por completo. Novos faróis de LED, grade com desenho alterado, lanternas em “X” (bem parecidas com as do Jeep Renegade) e mais. Fizemos uma comparação do design entre o modelo atual e o anterior (nas versões Dacia). No caso da variante da Renault, ele fica com uma grade bem parecida com a do Koleos, seguindo a identidade visual da empresa.

Renault Duster 2019 - Flagra
Renault Duster 2019 - Flagra

Não esqueceram da cabine, que traz evolução do desenho atual. A central multimídia oi posicionada mais acima e os botões auxiliares estão menores. Na versão Dacia, a Renault fez o favor de tirar os botões de perto do freio de mão, deixando somente o seletor de tração para a versão 4x4. O acabamento continua usando bastante plástico rígido, para manter os preços mais baixos, mas com aparência melhor que o atual.

Enquanto na Europa ele usa o motor 1.2 turbo de 125 cv e transmissão manual de 6 marchas, no Brasil ele deve manter o 1.6 SCe de 120 cv na versão de entrada (manual ou CVT) e o 2.0 no topo de linha (que deve receber o CVT no lugar da velha caixa automática de 4 marchas). A Renault tem planos de nacionalizar o motor 1.3 TCe, mas espera pelas definições do Rota 2030 para decidir sobre os investimentos no nosso mercado.

Fonte: Car Point News

Galeria: Renault Duster 2019 - Flagra