Modelo intermediário da gama MT ganha cara da 09 e melhorias técnicas e de conforto

A Yamaha apresenta esta semana no Japão a versão atualizada da MT-07. Lançada em 2015, a naked de média cilindrada mantém o motor bicilíndrico de 688 cc e 75 cv, mas ganha novo visual e melhorias técnicas e de conforto. 

Yamaha MT-07 2018
Yamaha MT-07 2018

Na parte de estilo, a 07 ganhou um farol maior e mais largo, muito semelhante ao da 09 (que já estreou outra cara lá, fora com faróis duplos). O tanque de combustível também foi redesenhado, ficando mais largo para melhorar o encaixe das pernas (embora mantenha a mesma capacidade). Na traseira, a rabeta e a lanterna (em LED) foram alteradas. O banco também é novo, deslocado um pouco para trás e para baixo. A intenção da marca foi reduzir a fadiga do piloto e aumentar o grau de liberdade da posição de condução. Além disso, melhorou para os pilotos (as) mais baixos apoiarem os pés no chão. 

Yamaha MT-07 2018

A melhoria técnica ocorreu na suspensão. Apesar de ágil e leve, a condução esportiva da MT-07 tinha espaço para acertos. Ciente disso, a Yamaha aumentou a velocidade de reação da mola aumentando a compressão (no amortecedor traseiro) e o amortecimento de rebote (nos garfos dianteiros e no amortecedor traseiro). Para facilidade de ajuste, o colar de regulagem da pré-carga da mola ficou mais acessível e agora oferece ajuste de retorno, para quem deseja um acerto mais fino. 

Leia também:

Para marcar a linha 2018, que começa a ser vendida dia 10 de abril, a MT-07 chega em três novas cores, com destaque para o cinza fosco com rodas e detalhes em amarelo florescente. Há também as mais clássicas azul e preta. Ainda não há previsão de lançamento para o Brasil.   

Fotos: Yamaha

Galeria: Yamaha MT-07 2018