Entre os sedãs grandes, Porsche Taycan recupera a liderança que perdeu em maio

O Série 3 continua soberano entre os sedãs médios premium. Embora com retração de pouco mais de 10% em relação a 2020, o campeão de vendas da BMW fechou o mês de junho acima dos 500 emplacamentos (527) pelo 4º mês consecutivo e com uma participação de mercado superior a 77%. O resultado foi quase 11 vezes superior ao registrado pelos rivais mais próximos. 

Empatados com 49 unidades, dois modelos da Audi, A4 e A5, com o 1º deles em alta de quase 200%. Este foi o 3º mês seguido com o A4 como vice-líder, algo pouco comum nos últimos anos. Em mau momento comercial, o Mercedes Classe A Sedan foi o 4º, com apenas 18 unidades.  

Audi A4 2021 - Brasil
Audi A5 Sportback na estrada

Quinto e em compasso de espera pela chegada da nova geração, o Mercedes Classe C (15) teve seu desempenho mais fraco em décadas e por muito pouco não foi superado pelo BMW Série 2 Gran Coupé (14). Atrás do Mercedes CLA (9) e do Volvo S60 (2) e em pré-venda da nova geração, o Audi A3 Sedan (1) foi novamente o lanterna. 

Sedãs Médios Premium 

POS. 

MODELO 

JUN/21 

MAI/21 

JUN/20 

% JUN 21 

% MAI 21 

VARIAÇÃO JUN/MAI 

VARIAÇÃO 2021/2020 

1º 

BMW SÉRIE 3 

527 

575 

588 

77,05% 

78,66% 

-8,35% 

-10,37% 

2º 

AUDI A4 

49 

59 

17 

7,16% 

8,07% 

-16,95% 

188,24% 

3º 

AUDI A5 

49 

20 

52 

7,16% 

2,74% 

145,00% 

-5,77% 

4º 

MERCEDES-BENZ CLASSE A SEDAN 

18 

23 

97 

2,63% 

3,15% 

-21,74% 

-81,44% 

5º 

MERCEDES-BENZ CLASSE C 

15 

27 

224 

2,19% 

3,69% 

-44,44% 

-93,30% 

6º 

BMW SÉRIE 2 GRAN COUPÉ 

14 

10 

2,05% 

1,37% 

40,00% 

366,67% 

7º 

MERCEDES-BENZ CLA 

12 

22 

1,32% 

1,64% 

-25,00% 

-59,09% 

8º 

VOLVO S60 

38 

0,29% 

0,55% 

-50,00% 

-94,74% 

9º 

AUDI A3 SEDAN 

137 

0,15% 

0,14% 

0,00% 

-99,27% 

  

  

684 

731 

1178 

100,00% 

100,00% 

-6,43% 

-41,94% 

Na faixa superior, a Porsche retomou a liderança perdida em maio e que já durava 5 meses até então. O Taycan (28) assegurou 10 unidades de vantagem sobre o BMW Série 7 (18), nº 1 no último ranking e que repetiu o seu melhor desempenho comercial registrado há algumas semanas graças à versão híbrida 745Le. 

Porsche Taycan 2020
BMW Série 7 2020

O pódio foi completado por um Audi A6 (12) em seu melhor mês desde outubro de 2019 (12). A 4ª posição foi dividida entre o BMW Série 5 (10) e o Mercedes Classe E (10), que acaba de chegar às concessionárias em sua versão reestilizada. Vice-líder no último ranking, o Porsche Panamera (8) caiu para o 6º lugar. Já o Volvo S90 (5), Audi A7 (3) e Lexus ES (3) dividiram a lanterna. 

Sedãs Grandes Premium 

POS. 

MODELO 

JUN/21 

MAI/21 

JUN/20 

% JUN 21 

% MAI 21 

VARIAÇÃO JUN/MAI 

VARIAÇÃO 2021/2020 

1º 

PORSCHE TAYCAN 

28 

17 

28,87% 

20,00% 

64,71% 

2º 

BMW SÉRIE 7 

18 

18 

10 

18,56% 

21,18% 

0,00% 

80,00% 

3º 

AUDI A6 

12 

10 

12,37% 

11,76% 

20,00% 

71,43% 

4º 

BMW SÉRIE 5 

10 

11 

11 

10,31% 

12,94% 

-9,09% 

-9,09% 

5º 

MERCEDES-BENZ CLASSE E 

10 

10,31% 

8,24% 

42,86% 

42,86% 

6º 

PORSCHE PANAMERA 

17 

11 

8,25% 

20,00% 

-52,94% 

-27,27% 

7º 

VOLVO S90 

5,15% 

3,53% 

66,67% 

-16,67% 

8º 

AUDI A7 

3,09% 

0,00% 

0,00% 

9º 

LEXUS ES 

3,09% 

2,35% 

50,00% 

-50,00% 

  

  

97 

85 

61 

100,00% 

100,00% 

14,12% 

59,02% 

No 1º semestre

Quase 60% de todos os sedãs premium emplacados no país entre janeiro e junho foram versões do BMW Série 3 (2.985). Se considerarmos apenas o segmento médio, o representante da marca de Munique, em alta superior a 55% frente ao 1º semestre do ano passado, superou os 65% de participação de mercado. 

Mesmo com o fim de estoques da geração atual, o Mercedes Classe C (543) ainda permaneceu como vice-líder. Sétimo no ano passado, o Audi A4 (326), com o impulso da versão reestilizada, garantiu presença no pódio com pouco mais de 100 unidades de vantagem sobre o Audi A5 (223). Do 5º ao 7º, todos perderam pelo menos 40% de suas vendas – o Audi A3 Sedan (128), cuja nova geração começa a ser vendida em setembro, foi a mais prejudicada (-81,2%). 

BMW 320i M Sport 2021 (Teste BR)
Mercedes Classe C
Audi A4 2021 - Brasil

Sedãs Médios Premium 

POS. 

MODELO 

TOTAL 2021 

% 2021 

TOTAL 2020 

% 2020 

% VARIAÇÃO 2021/2020 

1º 

BMW SÉRIE 3 

2985 

65,15% 

1923 

41,14% 

55,23% 

2º 

MERCEDES-BENZ CLASSE C 

543 

11,85% 

1092 

23,36% 

-50,27% 

3º 

AUDI A4 

326 

7,11% 

88 

1,88% 

270,45% 

4º 

AUDI A5 

223 

4,87% 

175 

3,74% 

27,43% 

5º 

MERCEDES-BENZ CLASSE A SEDAN 

162 

3,54% 

466 

9,97% 

-65,24% 

6º 

AUDI A3 SEDAN 

128 

2,79% 

680 

14,55% 

-81,18% 

7º 

VOLVO S60 

105 

2,29% 

181 

3,87% 

-41,99% 

8º 

BMW SÉRIE 2 GRAN COUPÉ 

67 

1,46% 

0,09% 

1575,00% 

9º 

MERCEDES-BENZ CLA 

43 

0,94% 

65 

1,39% 

-33,85% 

  

  

4582 

100,00% 

4674 

100,00% 

-1,97% 

Entre os modelos mais sofisticados, o Porsche Taycan (215) não deu chances aos adversários e emplacou mais do que o dobro de um surpreendente BMW Série 7 (90) que jamais havia vendido tanto no país em um semestre. Separados por apenas 3 unidades, Porsche Panamera (59) e Mercedes Classe E (56) vieram em seguida. 

Preferido há um ano, o BMW Série 5 (46) desta vez foi o 5º e já sem tanta folga em relação ao Audi A6 (36). Único sueco na lista, o Volvo S90 foi o nº 1 para 21 consumidores. Top de linha da Mercedes-Benz, o Classe S (1) foi o lanterna – a nova geração, já à venda no exterior, ainda não chegou por aqui. 

porsche-taycan-turbo-s-br

Sedãs Grandes Premium 

POS. 

MODELO 

TOTAL 2021 

% 2021 

TOTAL 2020 

% 2020 

% VARIAÇÃO 2021/2020 

1º 

PORSCHE TAYCAN 

215 

39,31% 

0,78% 

10650,00% 

2º 

BMW SÉRIE 7 

90 

16,45% 

30 

11,63% 

200,00% 

3º 

PORSCHE PANAMERA 

59 

10,79% 

40 

15,50% 

47,50% 

4º 

MERCEDES-BENZ CLASSE E 

56 

10,24% 

31 

12,02% 

80,65% 

5º 

BMW SÉRIE 5 

46 

8,41% 

54 

20,93% 

-14,81% 

6º 

AUDI A6 

36 

6,58% 

26 

10,08% 

38,46% 

7º 

VOLVO S90 

21 

3,84% 

31 

12,02% 

-32,26% 

8º 

LEXUS ES 

14 

2,56% 

30 

11,63% 

-53,33% 

9º 

AUDI A7 

1,28% 

10 

3,88% 

-30,00% 

10º 

MASERATI GHIBLI 

0,37% 

0,00% 

11º 

MERCEDES-BENZ CLASSE S 

0,18% 

1,55% 

-75,00% 

  

  

547 

100,00% 

258 

100,00% 

112,02% 

Fontes: Fenabrave / Abeifa

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com