Marca francesa reconhece a primazia do rival e, claro, tenta buscar os clientes que eram do Ford

O fechamento das fábricas da Ford no Brasil, anunciado em janeiro, e o consequente fim da produção dos modelos Ka e EcoSport, continua rendendo assunto. Mas, desta vez, de uma forma positiva. Em uma ação que é comum na Europa, mas rara por aqui, a Renault homenageou a marca do oval azul por meio de um agradecimento ao EcoSport pelos anos de rivalidade com o Duster. 

Vinculada na internet, a peça colocou os dois SUVs lado a lado com os seguintes dizeres: "O Renault Duster já encarou grandes desafios. O mais inspirador foi competir com você. Ele foi o primeiro da categoria, conquistou corações e serviu como motivação para o nosso Duster melhorar a cada versão. Obrigado por todos esses anos dividindo estradas pelo Brasil".

duster x eco

Deixando a rivalidade de lado, o anúncio reconheceu a primazia do EcoSport por ser o primeiro SUV compacto do mercado nacional. Lançado em 2003, ele abriu espaço para uma série de rivais, sendo que o Duster, lançado em outubro de 2011 (pouco antes da estreia da segunda geração do Eco), foi o primeiro concorrente direto. 

Renault Duster Iconic 2021
Renault Duster 1.6 CVT

Segunda geração foi lançada no Brasil em 2020, enquanto a primeira chegou em 2011

Construído sobre a base B0, de Sandero e Logan, o Duster apostou em duas deficiências do EcoSport: espaço interno e porta-malas, além de investir na robustez com suspensões de maior curso e de melhor absorção de impactos. Na segunda geração, lançada em 2020, o SUV da Renault refinou o visual e ganhou equipamentos inéditos, mas ainda assim não foi o suficiente para desbancar o rival da Ford em vendas. 

De acordo com os dados da Fenabrave, o EcoSport emplacou 24.031 unidades ao longo do ano passado, ocupando a sétima posição do segmento de SUVs compactos - que foi liderado pelo VW T-Cross, com 60.119 emplacamentos. Já o Duster veio logo atrás do Eco, na oitava colocação, com 19.476 unidades. 

Além de simpática, a peça tem como objetivo (claro) atrair os consumidores órfãos do EcoSport para o rival, justamente pelo fato de o Duster ter atributos semelhantes aos do Ford, além de ser mais atual e ter vida longa pela frente. Vale lembrar que a Renault prepara o novo motor 1.3 turboflex para seus SUVs (Captur e Duster) ainda em 2021, além da próxima geração da picape Oroch (derivada do Duster) para 2022. 

Fotos: divulgação e arquivo Motor1.com

Galeria: Renault Duster Iconic 2020 (lançamento)