Crossover será produzido em Betim (MG) e é esperado para o 3º trimestre no Brasil

O tão aguardando SUV compacto da Fiat finalmente ganha uma janela de lançamento. A fabricante italiana fez uma apresentação na Argentina, onde anunciou 11 lançamentos para Fiat, Jeep e Ram no país. Entre eles está o crossover baseado no Argo, chamado de Projeto 363 B-SUV, para o 4º trimestre, o que indica que deve ser lançado por aqui um pouco antes, com produção em Betim (MG).

Este modelo já havia sido confirmado pela Fiat em diversos momentos, com estreia prevista para o 1º semestre deste ano. Com a pandemia e a crise econômica, porém, a marca acabou tendo que adiar o lançamento de diversos projetos, pela dificuldade para finalizar os testes dos veículos, homologação e outros problemas. Outro modelo que teve seu lançamento confirmado foi a Toro reestilizada, que vai ganhar o esperado motor 1.3 turboflex, no 3º trimestre.   

Fiat-Chrysler - Lançamentos na Argentina para 2021

Como resultado dos atrasos, o futuro crossover ainda aparece muito camuflado, como nas primeiras unidades de teste. É possível notar que está recebendo componentes definitivos, como os faróis, porém todo o resto continua muito escondido, como mostra um flagra enviado por um leitor anônimo – normalmente, o veículo já deveria estar usando uma camuflagem mais leve, com adesivos, neste período do desenvolvimento.

Apesar disso, já sabemos alguns detalhes sobre o carro. Usará a plataforma MP1 de Argo e Cronos, tendo mais em comum com o hatch do que com o sedã. Tanto é que terá porte muito próximo do Argo, com uma proposta parecida com a do Volkswagen Nivus em relação ao Polo, sendo um hatchback parrudinho e com design diferente em alguns pontos, mas compartilhando muitos componentes.

Galeria: Fiat Argo SUV - Flagras mais atuais

Este posicionamento tem um bom motivo. O SUV do Argo foi criado para não brigar com o Jeep Renegade, que será a opção mais “premium” dentro da Fiat-Chrysler (agora Stellantis), enquanto o modelo da Fiat nascerá como algo mais acessível. Foi criado para atender à demanda dos concessionários, que há tempos pedem por um SUV da marca pois a estratégia de só oferecer SUVs na Jeep estava afetando as vendas da Fiat.

Como é baseado no Argo, sairá da mesma fábrica em Betim. Será um dos primeiros carros da Fiat a receber a nova família de motores turbo baseado na linha Firefly. Assim como acontecerá com o Argo top de linha, usará o 1.0 turbo de três cilindros ligado a um câmbio automático do tipo CVT. Além deste carro, a fabricante está desenvolvendo um segundo crossover, confirmado para o ano que vem e de porte superior.