Além do 1.3 aspirado, picape pode receber o novo motor da FCA

Há alguns meses, a Fiat já falava em colocar a picape Strada entre os modelos mais vendidos do país. E isso aconteceu em setembro, quando ela ultrapassou o Chevrolet Onix e ficou no ponto mais alto do pódio. Para celebrar o momento, a marca organizou uma coletiva online de parte da imprensa com Herlander Zola, diretor de branding Fiat.

Claramente feliz, Zola falou sobre o aumento da participação da Fiat Strada em vendas varejo. Se antes a picape era bastante dependente das vendas diretas, hoje 35% dos emplacamentos são para pessoas físicas, principalmente nas versões de cabine dupla, com destaque para a configuração topo de linha Volcano. E isso incentiva a marca no desenvolvimento da tão pedida Strada automática. 

Não é surpresa que a Strada terá o câmbio automático ligado ao motor 1.3 Firefly aspirado. Como já confirmado anteriormente por Zola, a Fiat irá apostar em uma caixa do tipo CVT para esta motorização. Será uma opção provavelmente nas versões Freedom e Volcano cabine dupla e atenderá o público que, segundo a Fiat, está migrando de hatches e sedãs para a picape compacta - principalmente clientes da Fiat com modelos mais antigos. 

Porém o motor 1.0 turbo era visto como uma dúvida para a Strada. Mas Zola disse que a picape "pode" ter um dos novos motores da FCA e nossa aposta é quase certa no menor, de três cilindros, que estará também em Argo, Cronos e outros futuros modelos da marca, ligado também a uma transmissão automática do tipo CVT.

Enquanto a Strada 1.3 CVT virá em 2021, a variante turbo não tem data de estreia, pois a prioridade é atender os SUVs da Jeep, além de Argo e Cronos. Em um bate-papo anterior, o presidente da Fiat-Chrysler no Brasil, Antonio Filosa, afirmou que a Strada estava bem no final da fila de modelos que receberão o motor turbo a partir do ano que vem.

A Fiat Strada foi lançada em junho, com grande destaque para a nova cabine dupla nesta nova geração. Com isso, a Fiat quis atingir um público além do que já comprava a Strada para o trabalho, mas também para o lazer, o que parece ter funcionado. As versões Freedom CD e Volcano correspondem à 47% das vendas e a maioria quando falamos apenas em varejo.

Galeria: Fiat Strada Opening Edition