Versão "Mercosul" terá design próprio e itens que estrearam no Nivus

Com lançamento confirmado para o primeiro trimestre de 2021 no Brasil, o novo SUV médio da Volkswagen, até então conhecido como "Projeto Tarek", já roda em sua versão de produção. É o que mostra este flagra do nosso parceiro Renato Maia, do canal Falando de Carro, que surpreendeu o modelo rodando próximo da fábrica da marca em São Bernardo do Campo (SP). 

Em entrevista ao Motor1.com, o CEO da VW para a região, Pablo Di Si, já havia adiantado que o Tarek "Mercosul" teria diferenças em relação ao modelo vendido na China, onde se chama Tharu. De fato, a unidade flagrada agora já ostenta um novo para-choque, que define um recorte diferente para os faróis (Full-LED) e grade, num estilo mais próximo do irmão menor T-Cross. Também usa rodas específicas e alguns componentes compartilhados com modelos locais.

VW Tarek 2021

Além disso, Maia observou que o Tarek de testes trazia o novo logotipo da VW com o radar do sistema ACC embutido, ou seja, contava com o sistema de piloto automático adaptativo (mesmo que estreou no Nivus). Também tinha a antena preta no teto (com GPS nativo) e sensores de estacionamento dianteiros, que podem indicar a presença do sistema de estacionamento semi-automático (Park Assist). O Tarek também deve trazer o novo volante da marca e a central multimídia VW Play, com tela de 10,1", entre outros itens vindos do Nivus.   

A princípio, o Tarek terá apenas uma configuração: motor 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm com câmbio automático de 6 marchas e tração dianteira. Na Argentina, onde será produzido, já se fala também num "Tarek GTI", que teria o motor 2.0 TSI de 220 cv e a tração integral 4Motion, como no Tiguan R-Line. 

Com porte intermediário entre o T-Cross e o Tiguan Allspace, o Tarek virá com a mira apontada para o Jeep Compass, devendo atuar numa faixa que em valores atuais iria dos R$ 130 aos R$ 150 mil. Assim como Nivus, deve apostar numa gama enxuta e bem equipada, sendo oferecido nas versões Comfortline e Highline. Com a estreia do novo modelo, o Tiguan deve perder a versão de entrada (chamada simplesmente de 250 TSI) e passar a ser oferecido somente com 7 lugares.

A expectativa agora fica em torno da revelação do nome oficial do SUV, que a VW deverá anunciar ainda neste mês de agosto. 

Fotos: Renato Maia/Falando de Carro

Galeria: Flagra: VW Tarek em versão final