Este é um exemplo de como um carro híbrido também pode ser bem rápido

A Ferrari LaFerrari foi lançada há sete anos e ostenta o rótulo de ser o primeiro hipercarro híbrido leve da fabricante. Conta com um belo motor V12 estridente de 6,3 litros que produz 800 cv de potência (588 quilowatts) por conta própria. No entanto, quando trabalha em conjunto com o sistema híbrido leve, a potência total combinada é de 963 cv. O potente conjunto pode levar o supercarro italiano a 100 km/h em menos de três segundos.

Enquanto vivemos um momento em que viagens internacionais e até mesmo uma bela acelerada em um autódromo estão suspensas, podemos sentir um pouco desta emoção em um vídeo compartilhado no Instagram que mostra a poderosa Ferrari acelerando forte em uma parte irrestrita da Autobahn na Alemanha. Para quem não conhece as estradas alemãs, as Autobahn são estradas que possuem trechos onde pode se acelerar sem limite de velocidade. Pelo que sabemos, no mundo, apenas nas Autobahns isso é possível.

O vídeo mostra uma Ferrari LaFerrari branca, já acelerando a 217 km/h, com o ronco do escape do V12 gritando enquanto o motorista realmente afunda o pé no acelerador. A Ferrari passa dos 250 km/h e rapidamente dos 300 km/h. O ganho de velocidade começa a ficar mais lento em torno de 330 km/h depois que o carro passa para a sétima marcha.

 

Lentamente a velocidade da Ferrari aumenta passando a velocidade máxima anunciada pela fabricante de 350 km/h. E ele continua acelerando além dos 360 km/h e depois finalmente chega a 372 km/h, onde o vídeo termina. Dirigir a essa velocidade exige muita atenção e entendimento do tempo de reação e frenagem necessário. A estrada está praticamente vazia - provavelmente pelas limitações de mobilidade por conta da pandemia. 

A Ferrari encerrou a produção da LaFerrari em 2016, quando a empresa começou a produzir a Ferrari LaFerrari Aperta com capota removível com algumas melhorias em relação ao LaFerrari regular, embora tenha mantido a forma e o estilo esbeltos do original. O grande destaque no entanto ficou mesmo por conta do inauguração de uma nova era de hipercarros que misturava a potência bruta do motor de combustão interna da Ferrari com motores elétricos. Hoje, temos a Ferrari SF90 Stradale - uma Ferrari híbrida plug-in que pode atingir 100 km/h em apenas 2,5 segundos.