Nova geração será apresentada no final do ano e deve chegar ao Brasil em 2022

Depois de aproximadamente 7 anos de mercado, a atual geração do Renault Sandero finalmente se programa para deixar as lojas e dar lugar a um modelo completamente novo. Já flagrado rodando em testes intensos na Europa, o Sandero 2021 aparece agora em projeção e adianta design alinhado com os lançamentos mais recentes da fabricante francesa. 

Como já era previsto, o Clio europeu será a principal fonte de inspiração desta nova geração. A estratégia fará do Sandero, pela menos na versão Renault que virá ao Brasil, um modelo com identidade e personalidade - deixando de lado o status de Dacia com logotipos trocados.

Galeria: Novo Renault Sandero 2021 - Projeção

Mecanicamente, como já dito, o Sandero 2021 deixará de lado a arquitetura B0 e passará a ser montado sobre a moderna plataforma CMF-B, a mesma do novo Clio europeu, porém em uma variante de baixo custo batizada de LS (Low Specification). Conforme adianta a projeção (baseada em protótipos vistos em flagras recentes), a nova estrutura deixará o carro ligeiramente mais comprido e mais largo, além de mais seguro e dinâmico em termos de dirigibilidade. Para tanto, haverá uso de aços mais resistentes na concepção da carroceria e novos sistemas de assistência à condução.

Dacia Sandero 2021 - Novos flagras
Dacia Sandero 2021 - Novos flagras

Sob o capô, a principal novidade ficará por conta da adoção do novo motor 1.0 turbo de três cilindros, batizado de TCe, que entrega 100 cv e 16,3 kgfm. O propulsor já é usado na Europa e está começando a equipar alguns modelos em países emergentes, como a minivan Triber na Índia. No mercado europeu, o motor 1.6 também mudará e receberá um sistema híbrido-leve para ser tornar mais econômico e menos poluente. A gama será composta ainda pelos conhecidos dCi turbodiesel de 85 cv e 115 cv (ambos exclusivos do Velho Continente).

O lançamento, em versão Dacia, é aguardado na Europa para o fim do ano, mas o calendário pode ser alterado diante da crise do novo coronavírus. Por aqui, modelo Renault deve surgir apenas em 2022, já que o Sandero atual foi recentemente reestilizado.