Nova geração será apresentada ainda neste ano, começando pela Europa

Flagrada pela última vez rodando em testes leves no asfalto, a nova geração do Sandero Stepway intensifica o ritmo de provas à medida em que se aproxima do lançamento. Prova disso são as imagens deste flagra, que pela primeira vez revelam o modelo fazendo ousadas manobras na neve para avaliar o funcionamento do controle eletrônico e estabilidade (ESP). A camuflagem segue o mesmo nível de flagras anteriores, mas já deixa à mostra detalhes interessantes do novo design. Esta versão, em especial, adianta que o traje campeiro será composto por para-choques com formato mais robusto, grade frontal exclusiva, molduras plásticas nas caixas-de-roda e rack de teto - ou seja, a mesma receita da geração atual.

Galeria: Dacia Sandero Stepway 2021 - Novo flagra

Mecanicamente, como já dito, o Sandero 2021 deixará de lado a arquitetura B0 e passará a ser montado sobre a moderna plataforma CMF-B, a mesma do novo Clio europeu, porém em uma variante de baixo custo batizada de LS (Low Specification). Conforme adiantam os protótipos, a nova estrutura deixará o carro ligeiramente mais comprido e mais largo, além de mais seguro e dinâmico em termos de dirigibilidade. Para tanto, haverá uso de aços mais resistentes na concepção da carroceria e novos sistemas de assistência à condução.

Sob o capô, a principal novidade ficará por conta da adoção do novo motor 1.0 turbo de três cilindros, batizado de TCe, que entrega 100 cv e 16,3 kgfm. O propulsor já é usado na Europa e está começando a equipar alguns modelos em países emergentes, como a minivan Triber na Índia. No mercado europeu, o motor 1.6 também mudará e receberá um sistema híbrido-leve para ser tornar mais econômico e menos poluente. A gama será composta ainda pelos conhecidos dCi turbodiesel de 85 cv e 115 cv (ambos exclusivos do Velho Continente).

Dacia Sandero Stepway 2021 - Novo flagra
Dacia Sandero Stepway 2021 - Novo flagra

O lançamento, em versão Dacia, é aguardado para o fim do ano - provavelmente durante o Salão de Paris - mas a chegada ao Brasil ainda demora. Por aqui, modelo Renault deve surgir apenas em 2022, já que o Sandero atual foi recentemente reestilizado. Nesta nova geração, o nível de diferenciação entre o modelo romeno e o brasileiro promete ser aprofundado. A expectativa é que o Sandero nacional fique mais próximo do Clio europeu em termos de estilo.

Fonte: CarPix