Segundo rumores, picapes americana e brasileira serão unificadas na nova geração

A próxima geração da picape brasileira Chevrolet S10 pode ser diretamente beneficiada por um investimento bilionário anunciado pela General Motors na América do Norte. Principal representante no segmento de picapes médias no mercado norte-americano, a Chevrolet Colorado acaba de ter sua nova geração oficialmente confirmada. Em anúncio realizado na própria fábrica do modelo em Wentzville, estado norte-americano do Missouri, a GM revelou que o desenvolvimento da nova caminhonete e de sua irmã GMC Canyon consumirá algo em torno de US$ 1,5 bilhão em investimentos - valor que será aplicado principalmente na modernização da referida fábrica.

De acordo com a montadora, o investimento custeará o desenvolvimento do projeto, bem como a modernização das oficinas de tintas e carrocerias, além das áreas de montagem geral, bem como a compra novas máquinas, ferramentas e transportadores. Aproximadamente 4 mil empregos serão mantidos.

Galeria: Chevrolet Colorado ZR2 2021

Detalhes sobre os novos modelos não foram divulgados, mas a GM se mostrou satisfeita com o fato de já ter vendido mais de 700 mil unidades desde que a dupla retornou ao mercado norte-americano em 2014, após um hiato de 3 anos. O mercado de médias, vale lembrar, está em franca expansão na América do Norte e tem atraído diversos concorrentes, como a Ford Ranger (que voltou à região após quase 7 anos de ausência) e a Jeep Gladiator (já confirmada para o Brasil). Correm por fora ainda a Honda Ridgeline, renovada há poucos anos, e a Nissan Frontier, que em breve ganhará uma geração inteiramente nova e exclusiva para o mercado norte-americano.

Lista - 10 picapes médias que não temos no Brasil
Linha-2019-Chevrolet-S10-02

Para os brasileiros, o que interessa é a possibilidade de Colorado, S10 e Colorado asiática se tornarem, de fato, um único modelo nesta nova geração. Atualmente, as três são construídas sobre a mesma plataforma GMT31XX, mas carregam muitas diferenças entre si. Enquanto a S10 sul-americana e a Colorado asiática são bastante parecidas (têm basicamente o mesmo design, motores e equipamentos), a Colorado vendida na América do Norte é exclusiva em vários aspectos. Além do visual mais robusto, possui motores próprios, interior único, lista de equipamentos modificada, estilos de carroceria diferenciados e motores que não são oferecidos em nenhuma das outras duas variantes.

Chevrolet Colorado/S10

Na prática, tantas particularidades acabam gerando custos extras e trazendo complexidade à cadeia produtiva global da marca. É por isso que, para otimizar as operações e reduzir despesas, há grandes chances de a GM unificar a linha atual de picapes médias em torno de um único modelo. A hipótese foi levantada em meados deste ano pelo site GM Authority, especializado em assuntos relacionados ao grupo. Se confirmada a estratégia, as novas picapes continuarão sendo produzidas sobre uma mesma plataforma (tudo indica que uma evolução da base atual), mas, mais do que isso, passarão a ter design e diversos componentes unificados. O lançamento é aguardado para depois de 2022 e até lá, vale lembrar, nossa S10 receberá mais uma facelift.

A estratégia de unificação reflete a tendência da indústria de procurar reduzir custos e simplificar processos. Só neste segmento, pelo menos três grandes grupos já confirmaram que terão picapes fundidas na próxima geração. É o caso da Toyota com os modelos Tacoma e Hilux, da Nissan-Mitsubishi com as próximas Frontier e L200, e da Ford/Volkswagen com as futuras Ranger e Amarok.

Fonte: GM