Hilux segue dominando o mercado, enquanto o Ka foi nº 1 entre os automóveis

Se no Brasil o Fiat Cronos é apenas o sexto colocado no segmento de sedãs compactos, na Argentina o modelo se sai melhor contra os rivais. Embora com apenas 776 unidades emplacadas em outubro, o sedã superou o próprio irmão Argo (628) e liderou a categoria, atingindo a sexta colocação geral do mercado argentino. 

O país vizinho segue sofrendo com a crise. Foram apenas 32.432 veículos emplacados no mês passado, uma redução de 10,2% em relação a setembro e 33,2% na comparação com outubro do ano passado. No acumulado do ano, a queda é de nada menos que 43,8%. E as previsões seguem nebulosas, devendo terminar o ano abaixo de 500 mil unidades e, se assim continuar, torcer para chegar a 400 mil unidades em 2020. 

Ford Ka SE 1.5 AT 2020
Toyota Hilux 2020

A liderança entre os automóveis ficou nas mãos do Ford Ka, o único modelo a superar as 1 mil unidades (1.326), com boa margem para o VW Gol, este seguido de perto pelo Toyota Etios. Campeão disparado no Brasil, o Chevrolet Onix foi apenas o quinto colocado, atrás do Renault Kwid

O líder geral, porém, veio dos comerciais leves. Mais uma vez, a Toyota Hilux não tomou conhecimento das concorrentes e cravou mais que o dobro de emplacamentos da vice-líder VW Amarok. Ford Ranger, Fiat Toro e Renault Duster Oroch completaram o top 5. 

Fonte: Argentina Autoblog/Acara 

Galeria: Fiat Cronos Avaliação Argentina