Documentos revelam que modelo terá motor 2.0 e câmbio automático de 8 marchas; produção será no México

Aos poucos vamos descobrindo mais sobre a futura picape baseada no Ford Focus e que está confirmada para o mercado brasileiro. O site australiano Wheels teve acesso a documentos sobre o modelo, revelando que terá motor 2.0 e câmbio automático de 8 marchas, adotando uma derivação da base do Focus. A publicação adianta que a picape será lançada primeiro no Brasil, em 2021, para brigar com a Fiat Toro e a futura Volkswagen Tarok, vinda do México, onde será fabricada. Ainda não está confirmada a venda para a Austrália.

Galeria: Ford Sub-Ranger picape (flagra)

Os documentos obtidos pelo Wheels revelam confirmam que a picape baseada no Ford Focus é conhecida internamente como projeto P758. Terá uma derivação da plataforma C2, feita na Rússia - algo curioso, já que a marca irá encerrar sua produção no país e passar a operação local para a sua parceira Sollers . A divisão da Ford na Austrália está ajudando no desenvolvimento da picape, aproveitando a experiência adquirida com as "utes", picape de dois assentos que fizeram muito sucesso no país.

Outra informação revelada pelos documentos é que a futura picape terá motor 2.0 de quatro cilindros, abastecido com gasolina e com uma transmissão automática de 8 marchas. Curiosamente, o Focus atual não conta com essa motorização, nem na versão base nem na esportiva ST. Rumores diziam que poderia receber os motores 1.5 e 2.0 da linha EcoBoost, e o 2.5 aspirado, contando com tração 4x4 em algumas variantes.

Fotos de espião Pickup Focus-Based Ford
Fotos de espião Pickup Focus-Based Ford

A picape do Focus ainda não tem nome. As possibilidades são muitas, desde retomar nomes como Ranchero e Courier, até uma nomenclatura nova. De acordo com a MotorTrend, a Ford estaria considerando transformar a picape em parte da família Bronco, ganhando um nome composto, como “Bronco Courier” ou “Bronco Ranchero”. Essa estratégia seria usada para outros modelos, como o futuro crossover compacto, e deve ser aplicada também com o Mustang e seu SUV elétrico derivado.

Fonte: Wheels
Projeção: Top Speed

Ouça nosso podcast: