Rival da Fiat Toro e Volkswagen Tarok será lançada no Brasil dentro de dois ou três anos

Apenas dois dias após adiantarmos as primeiras informações sobre o projeto da nova picape monobloco da Ford, um protótipo saiu do QG de desenvolvimento da marca nos Estados Unidos e pela primeira vez posou para as lentes espiãs de uma agência de segredos. Pelo nível da camuflagem, o modelo aparenta estar em fase inicial de testes e ainda demanda bastante cuidado para esconder detalhes do desenvolvimento - vide a lona instalada sobre o que seria a caçamba. O lançamento está programado para acontecer entre 2020 e 2021, com produção no México e possível estreia no Brasil.

Ford Ranchero 2021 - Flagra

Desenvolvida sobre a plataforma do novo Focus (base de aplicação considerada bastante flexível), a nova picape será posicionada abaixo da Ranger e chegará ao mercado com a mira diretamente apontada para a Fiat Toro e a futura Volkswagen Tarok - modelos também construídos sobre arquiteturas do tipo monobloco. A ideia da Ford é dar atenção à segmentos em ascensão (picapes estão em alta no mundo todo) e deixar de perder dinheiro em categorias pouco atrativas. É o que acontecerá na América do Norte, onde a marca já tornou pública a estratégia de investir apenas em picapes, crossovers e SUVs, em detrimento de hatches e sedãs.

Ford Ranchero 2022

Apesar do projeto ainda misterioso, fontes internas adiantam que a equipe de marketing trabalha com duas opções de nome para o modelo: Ranchero e Courier. Ambas são designações já usadas em picapes antigas da marca e têm ganhado força diante da estratégia de resgatar nomes do passado - a própria Ford ressuscitará o batismo Bronco no ano que vem e cogita reviver também nomenclaturas como Puma e Maverick. A ideia é evocar a força que o nome construiu ao longo de anos no mercado e atrelar a imagem do modelo anterior ao carro estreante, de modo a melhor posicioná-lo diante dos rivais. 

Assim como a futura Tarok derivará do SUV Tarek, a Ranchero/Courier também terá um irmão crossover para chamar de seu: o chamado baby-Bronco. Segundo especulações, a base modificada do Focus também sustentará este SUV e beneficiará a picape com atributos como maior nível de robustez, sistema de tração 4x4 e entre-eixos alongado. A gama de motores será formada pelos EcoBoost 1.5 e 2.0 turbinados, mas uma opção turbodiesel (imprescindível para este segmento no Brasil) também é cogitada.

Falando em Brasil, a imprensa internacional crava que o mercado brasileiro será o primeiro a receber o modelo. A oferta atenderá toda a América Latina e do Norte (inclusive Estados Unidos), mas os consumidores daqui serão os primeiros a poder comprar a novidade - afinal, é onde já estarão Toro e Tarek. A produção, no entanto, não será nacional: tudo indica que caberá ao México abastecer a demanda de toda a região. O lançamento acontecerá em 2021, já como linha 2022.

Fotos: Automedia
Projeção: topspeed.com

Galeria: Ford Ranchero 2021 - Flagra