Versão reestilizada do hatch será lançada ainda neste ano no Brasil, com câmbio CVT

O principal lançamento da Renault para este ano no Brasil será a chegada do Sandero reestilizado, ao lado do sedã Logan. O hatch foi avistado em testes na Argentina, como mostram as imagens do Argentina Autoblog, e adotará um design exclusivo na região, com lanternas traseiras bem diferentes da atual, além de receber mais equipamentos e o câmbio automático do tipo CVT para o motor 1.6 de 118 cv. Antes previsto para a primeira metade de 2019, fontes ligadas à marca revelaram ao Motor1.com que o lançamento acabou adiado para o 2º semestre.

Galeria: Renault Sandero 2020 - Flagra na Argentina

Embora o carro esteja rodando bem camuflado, o design do novo Renault Sandero não é um mistério. O veículo apareceu no registro de desenho industrial do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), mostrando todo o visual externo do hatch. Enquanto a frente terá mudanças bem leves nos faróis e no para-choque, a novidade estará mesmo na traseira, com as novas lanternas em um formato que lembra muito o Fiat Argo, em duas peças que invadem a tampa do porta-malas. Já o Logan terá uma reestilização muito mais simples.

Além da mudança visual, os novos Renault Sandero e Logan terão algumas novidades. Começa pelo motor 1.6 SCe de 118 cv a 5.500 rpm e 16 kgfm de torque a 4.000 rpm, que passa a contar com uma opção com câmbio automático do tipo CVT, o mesmo conjunto usado pelos SUVs compactos Captur e Duster. Ele entra no lugar da transmissão automatizada Easy’R.

Galeria: Renault Sandero 2018 - INPI

Outra mudança será a oferta da versão aventureira Stepway. Antes restrita ao hatch, agora será usada também no sedã, como já aconteceu na Rússia e, mais recentemente, no Equador. O modelo já foi avistado em testes no Brasil, como mostra o site Autos Segredos, ao lado do Sandero normal.

Fotos: Argentina Autoblog