Dupla será lançada no 1º semestre deste ano, pela primeira vez com câmbio CVT

A Renault trabalha nos últimos detalhes da reestilização do Sandero e do Logan. A dupla passará por uma renovação visual, que será mais forte no hatch, recebendo lanternas novas que invadem o porta-malas, enquanto o sedã apostará na inédita versão aventureira Stepway. Na mecânica, a novidade será o motor 1.6 SCe aliado ao câmbio automático CVT, mesmo conjunto utilizado pelos SUVs Captur e Duster. A estreia é prevista para o primeiro semestre deste ano.

Renault Logan Stepway

Tanto o Renault Sandero reestilizado quanto o Logan Stepway foram flagrados pelo site Autos Segredos (veja o flagra aqui), com somente a frente e a traseira cobertas. No caso do Logan, é fácil notar que se trata da versão aventureira por ter os apliques de plástico nas caixas de roda e pela suspensão elevada. O modelo já existe na Europa e, recentemente, estreou no Equador.

No caso do Sandero, a camuflagem até tenta esconder, mas basta um olhar atento para notar que as lanternas seguem pela tampa do porta-malas, confirmado o design que foi revelado pela patente da Renault no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Este desenho é exclusivo para o nosso mercado, ao contrário da Europa onde a reestilização foi mais sutil.

Galeria: Registro de patente do Renault Logan e Sandero

A linha do Sandero e do Logan seguirá com os motores 1.0 SCe de três cilindros como opção de entrada e 1.6 SCe nas versões mais equipadas. O 1.0 gera 82 cv e 10,5 kgfm, enquanto o 1.6 produz 118 cv e 16 kgfm. A novidade na linha é que, além do câmbio manual de 5 marchas, o motor 1.6 poderá ser acoplado ao automático do tipo CVT. Ainda não sabemos o que acontecerá com o Sandero RS e seu motor 2.0 de 150 cv e 20,9 kgfm.

Com o atraso da picape Alaskan, a dupla Sandero e Logan será o principal lançamento da marca no Brasil em 2019. A estreia deve acontecer entre maio e junho.

Fotos: divulgação

Galeria: Renault Logan Stepway