Laurens van den Acker falou francamente em entrevista à britânica Autocar

Projetar a nova geração de uma Ferrari pode ser considerado um feito de grande honraria para muitos designers automotivos, mas não para o chefe de desenho da Renault, Laurens van den Acker. Em entrevista concedida recentemente à revista britânica Autocar, o executivo disse que prefere esculpir as linhas do compacto Clio a assinar as linhas de um superesportivo de Maranello. "Quando me tornei designer queria projetar Ferraris, mas amadureci ao longo dos anos e isso foi suficiente para ver que eu realmente posso apreciar um compacto bem feito", confessou.

Mais sobre a Renault

Acker disse ainda que prefere desenhar as formas de um carro como o Clio por conta do desafio que é acertar nas linhas e agradar a todos. "Eu nunca pensei que diria isso, mas prefiro desenvolver um veículo que precisa agradar a todos, que você verá em todo lugar, que será acessível a um enorme número de pessoas", explicou.

Laurens van den Acker

Natural da Holanda, Laurens começou a atuar na indústria automotiva em 1990 e acumula passagens por várias marcas. Em 1993 pertenceu aos quadros da Audi, em 1998 ocupou posições de destaque na Ford (onde ajudou a projetar a primeira geração do SUV Escape) e em 2006 integrou a equipe de design da Mazda. Chegou à Renault em 2009 e desde então acumula no currículo projetos de destaque como o elétrico Twizy, o compacto Clio (que mudará de geração em breve) e o SUV Captur.

Fonte: Autocar

Galeria: Renault Clio 2017