Fabricado em Jacareí (SP), subcompacto subiu R$ 200 em todas as versões

Embora a Caoa Chery esteja mais interessada em vender o recém-lançado Tiggo 2, seu modelo mais vendido no Brasil ainda é o subcompacto QQ, o carro mais barato do país. Mesmo assim, nem ele consegue escapar dos reajustes no preço. Dessa vez, o QQ teve um aumento de R$ 200 em todas as versões, ficando com preços entre R$ 27.490 e R$ 33.190.

Leia também:

Com o reajuste, a versão Smile, a mais barata do Chery QQ, passa de R$ 27.290 para R$ 27.490. Vem com rádio AM/FM com entrada USB, computador de bordo, abertura automática do porta-malas, vidros elétricos das portas dianteiras e ajuste elétrico da altura do farol. A intermediária Look foi de R$ 31.290 para R$ 31.490 e adiciona a direção hidráulica, ar-condicionado, vidros elétricos dianteiro e mais. Por fim, a topo de linha ACT subiu de R$ 32.990 para R$ 33.190, com vidros elétricos traseiros, desembaçador e limpador traseiro, rodas de liga leve de 14” e retrovisores com ajuste elétrico.

Chery QQ - Teste instrumentado

Todas as versões utilizam a mesma motorização, composta pelo 1.0 de três cilindros, que gera 75 cv a 6.000 rpm e 10,1 kgfm de torque a 4.500 rpm, sempre com o câmbio manual de 5 marchas.

VERSÃO PREÇO AUMENTO
Smile 1.0 R$ 27.490 R$ 200
Look 1.0 R$ 31.490 R$ 200
ACT 1.0 R$ 33.190 R$ 200

Fotos: Motor1.com

Chery QQ - Teste instrumentado