Enquanto Trailblazer seguirá como SUV da S10, novo Blazer terá foco mais urbano

O Chevrolet Blazer está de volta... ou melhor, quase. Enquanto a Ford desenvolve dois SUVs inéditos e a Jeep aproveita o sucesso do novo Wrangler nos EUA, a Chevrolet trabalha no retorno do clássico Blazer. O nome deixou de ser utilizado desde 2005 no exterior e, no Brasil, desde 2012, quando virou o Trailblazer. A estratégia desta vez será diferente, deixando o Trailblazer como o SUV baseado na S10 (com chassi separado da carroceria), enquanto o Blazer será um modelo mais urbano, posicionado acima do Equinox. Os flagras mais recentes sugerem que o SUV estará de volta às ruas em breve.

Chevrolet Blazer - Flagra

Leia também:

Avistado próximo do campo de provas da GM em Milford, EUA, o protótipo do novo Chevrolet Blazer ainda usava muita camuflagem para esconder seu exterior, pois já usava a carroceria de produção. Porém, ainda podemos notar alguns elementos, como as linhas mais arrendondadas que no modelo antigo, que era bem "quadradão". As lanternas, grade e algumas partes do interior parecem estar prontas para produção. Com todos esses panos por cima, porém, é difícil diferenciá-lo do Equinox.

Chevrolet Blazer - Flagra

O protótipo aparenta ter altura em relação ao solo não muito elevada, sugerindo que não será um carro para trilhas - pelo menos não nesta versão. O Blazer usará a nova plataforma C1XX para crossovers (já usada pelo grandalhão Traverse), que também estará em outros veículos como GMC Acadia e Cadillac XT5. Apesar de ficar acima do Equinox, não deverá contar com uma versão de sete lugares.

A gama deve ser composta por três versões de motorização: 2.0 turbo, 2.5 aspirado e 3.6 V6 aspirado, sempre combinados a uma transmissão automática de 9 marchas. O novo Blazer irá competir diretamente com Ford Edge e Nissan Murano, entre outros. Espere pela estreia no final do ano, possivelmente no Salão de Los Angeles.

Fonte: Automedia

Galeria: Chevrolet Blazer - Flagra