Segundo concessionários, as primeiras unidades já podem ser reservadas, mas não falam em preços

Desde o Salão de São Paulo de 2016 que a Chery fala no Tiggo 2. Seu SUV compacto é uma das grandes apostas da empresa chinesa, porém uma baixa nas vendas atrapalhou o desenvolvimento e lançamento do modelo em 2017. Em novembro, a Caoa (operadora da Subaru e Hyundai importados no Brasil) comprou 51% da operação brasileira da Chery e agora os projetos começam a sair do papel.

Leia também:

O Tiggo 2 foi flagrado diversas vezes rodando na região de Jacareí (SP), onde será produzido ao lado do subcompacto QQ. Mas a operação da Caoa segurou o lançamento até conseguir estabilizar a transição entre as empresas. Mas segundo concessionários Chery, o SUV já pode ser reservado e começa a ser distribuído até dia 15 de abril. 

Flagra - Tiggo 2
Flagra - Chery Tiggo 2

Não falam em preços, mas deverá seguir seu principal concorrente, o JAC T40, que custa R$ 59.990 e ainda será lançado com câmbio CVT nesta mesma época. O Tiggo 2 será vendido com o 1.5 flex de até 113 cv ligado ao câmbio manual de 5 marchas, mais tarde recebendo a caixa CVT. Como a JAC com o T40, a Chery apostará no Tiggo 2 para mudar o conceito que as pessoas tem de seus modelos, melhorando o design, montagem e acabamento.  

O fato da CAOA ter assumido as operações da Chery no Brasil deve fazer a marca chinesa dar a volta por cima. Especialista no varejo do mercado brasileiro, a CAOA é uma das maiores revendedoras da Ford e representante exclusiva dos modelos importados da Hyundai. Além de produzir os SUVs Tucson e ix35 em sua fábrica em Anápolis, também elevou o nível do pós-venda na marca coreana. Tudo indica que novos e melhores tempos estão a caminho para a Chery.

 

Chery Tiggo 2 no Salão de Buenos Aires