Terceira geração buscou inspiração no Cerato e traz novas tecnologias

Depois de criar suspense com a divulgação de teasers e informações limitadas, a Kia oficializa na Europa a apresentação da nova geração do médio Ceed. Terceira linhagem na história de mais de 10 anos do modelo, a novidade estreia com design completamente revisto e a missão de repetir o sucesso das encarnações anteriores - só a segunda geração, lançada em 2012, vendeu mais de 640 mil unidades. A expectativa dos sul-coreanos é ampliar os números, sempre mantendo a guarda alta diante de rivais como VW Golf, Honda Civic e Ford Focus.

Leia também:

Inspirado em lançamentos recentes, como o novo Cerato, o design incorpora elementos tradicionais (como a grade "nariz de tigre") com soluções bem europeias, como as linhas da traseira. No geral, o desenho é dinâmico, jovial e alinhado com a proposta de esportividade sugerida pela categoria. No interior, a marca diz que otimizou a ergonomia, ampliou os espaços e reforçou o conforto a bordo. Dependendo da versão, o acabamento pode contar com materiais como couro, alumínio e plástico brilhante. O porta-malas, por sua vez, acomoda até 395 litros.

Kia Ceed 2018

Entre os principais equipamentos, destaque para as luzes com acendimento automático, partida sem chave, sistema de som JBL premium incorporado à tela de 8 polegadas e compatibilidade com Apple CarPlay e Android Auto. Completam o pacote um ponto de acesso Wi-Fi e condução autônoma Nível 2 - recurso inédito em um Kia e que funciona em sintonia com o piloto automático adaptativo. Segundo a marca, a tecnologia torna possível manter o carro a uma distância segura do veículo da frente e garante a permanência na própria faixa, evitando desvios involuntários.

Kia Ceed 2018

Na mecânica, a oferta de motores é composta por um 1.0 3-cilindros turbo de 120 cv, um 1.4 aspirado de 100 cv e um 1.6 turbo de 140 cv, além de um 1.6 turbodiesel de 115 cv ou 136 cv. Dependo da escolha, o câmbio pode ser manual de 6 marchas ou automatizado de dupla embreagem e 7 relações. A garantia é de 7 anos ou 100 mil km.

Uma curiosidade diz respeito à mudança na grafia do nome do carro: sai de cena o complicado "cee'd" e entra em ação o "Ceed", com C maiúsculo e sem apóstrofo. Segundo a Kia, foi uma forma de simplificar o batismo e, ao mesmo tempo, destacar o real significado das letras: "Community of Europe" e "European Design".

Fotos: Divulgação

Galeria: Kia Ceed 2018