Enquanto esperamos a reestilização da sétima, a oitava geração já começa a ser projetada

Enquanto a Volkswagen espera 2018 para apresentar a reestilização do Golf no Brasil, a sede na Alemanha anuncia investimentos em sua fábrica, já pensando na oitava geração desta família. E não será pouco dinheiro: são US$ 3,5 bilhões (R$ 11,3 bilhões) destinados a Wolfsburg, sendo uma parte deste investimento para um novo centro de design junto ao centro de desenvolvimento. 

Leia também:

O Golf não perderá a plataforma MQB, mas ficará mais leve e espaçoso. Outra mudança, provavelmente um dos principais motivos para tal investimento, é o foco que a Volkswagen está dando para os elétricos e híbridos. Ou seja, iremos ver mais versões com propulsão híbrida e elétrica no próximo Golf, hoje apenas na versão GTE e o e-Golf, respectivamente. Por dentro, terá o painel de instrumentos em TFT, como já acontece hoje, e melhor acabamento e mais itens de série. Versões esportivas, como o GTI, GTE e R, devem ficar ainda mais potentes. 

Everything you need to know about the Volkswagen Golf GTI
VW Golf GTE 2018

Esta próxima geração do Golf deverá ser mostrada em algum momento de 2019 no exterior. Mas ainda há o mistério sobre a continuidade do modelo no Brasil, já que seu segmento anda em baixa. Até mesmo a produção local da sétima geração está ameaçada. 

Fotos: Divulgação

Volkswagen Golf GTE 2018