Modelo deverá substituir o acanhado Mirage e competir diretamente com Ford Fiesta e VW Polo

Anunciada como uma das mais fortes e promissoras sinergias do mercado, a aliança global firmada entre as marcas Mitsubishi, Renault e Nissan promete render frutos não apenas nos segmentos de SUVs e elétricos, mas também no tradicional campo dos veículos compactos. Conforme relata matéria recente da revista britânica Auto Express, a fabricante japonesa planeja para os próximos anos pesados investimentos no desenvolvimento de um inédito hatchback para ocupar o lugar do acanhado Mirage. Detalhes sobre o projeto ainda são guardados a sete chaves, mas tudo indica que o novo modelo tomará como base a plataforma da próxima geração do Clio.

Leia também:

2017 Mitsubishi Mirage

"Projetar e construir uma plataforma sob medida é caro e as margens de lucro deste segmento são pequenas. Então, querem saber se estamos buscando usar plataformas Renault-Nissan? A resposta é sim", confessou o vice-presidente corporativo de planejamento de produtos da Mitsubishi, Vincent Cobee. Embora não tenha sido confirmada abertamente, a arquitetura em questão virá emprestada da próxima geração do Renault Clio, cujo lançamento está programado para meados de 2018. Também será compartilhada com o Clio a gama de motores, o que inclui o propulsor 0.9 TCe de 3 cilindros usado não só em modelos franceses, mas também em alguns Nissan, como o March/Micra.

2017 Mitsubishi Mirage

A ideia da Mitsubishi é substituir o Mirage (de porte sub-compacto e design acanhado), de modo a ter um rival capaz de concorrer em pé de igualdade com Ford Fiesta, Volkswagen Polo e Opel Corsa. O batismo final ainda não foi definido e tanto pode ser Mirage quanto Colt - nome de um antigo hatch vendido pela marca na Europa até 2013.

Fonte: Auto Express
Fotos: Divulgação

Mitsubishi Mirage 2017